Casa dos Contos Eróticos » Suruba » Esposa safadinha na balada liberal

Esposa safadinha na balada liberal

0 votes

Olá, eu 46 e ela 37. Ela uma morena deliciosa… bunda grande, peitos normais sem silicone… delicia. Sempre fui afim de ir numa casa de Swing… Aos pouco fui colocando o assunto.

No inicio ela foi resistente, mas como também gosta de um pouco de sacanagem, foi cedendo.

Uma balada liberal com a safada da esposinha

Um dia decidimos ir… Pesquisamos e achamos uma que gostamos. Combinamos de ir para fazer sexo no mesmo ambiente, mas não íamos fazer troca… íamos curtir e ver. Fomos e foi muito bom.

Fizemos ai na sala com os demais. Os caras ficavam loucos querendo algo, mas nos não cedemos as tentações. Passamos a ir mais vezes e aos poucos fomos nos soltando.

Começamos com eu passando a mão nos peitos das outras mulheres, e ela deixando passarem as mãos nos peitos dela. Ai fomos indo para uma pegação mais intima, mas só mãos, bundas, vaginas e ela dando umas pegadas no pênis da moçada. Isso me deixava louco… a minha vontade foi aumentando de fazer algo mais, interagir mais, ate que um dia fomos numa casa.

Ela com um vestidinho solto, cinza, meio transparente contra a luz, uma delicia. Ela já mais descontraída bebeu um pouco mais, eu fiquei só observando. Fomos para um cômodo que tinha um banco acolchoado de uns 2 metros. Tinha alguns casais se pegando la… sentei e ela tirou a calcinha , levantou o vestido e sentou na minha rola.

Começamos a meter ali no meio de todos.

Do nada, apareceu um casal e pediu se podia pegar nos peitos dela. Ela levantou um pouco mais o vestido e eles começaram a beijar e tocar nos peitos dela. Ela então, tirou o vestido todo e ficou nuazinha ali, sentada na minha rola e com o casal brincando com ela.

A mulher veio ao meu lado e eu comecei a tocar nela. A minha mulher de imediato, já pegou no pau do marido. Percebi que ela puxou o cara para trás dela para que ele brincasse como rabinho dela.

Não aguentei e tiver que por a mão no rabo dela para ver se ela estava deixando ele penetrar. E não e que a safada deixou!

Estávamos ali, ela na minha rola e o cara enfiando no rabo dela. Foi uma loucura, ela gemia e falava para nos fodermos ela cada vez mais, uma verdadeira putinha, como eu queria. gozamos os três quase juntos. Foi um tesão fantástico.

Saímos dali e fomos nos limpar para em seguida irmos tomar uma. Lá no bar, ela ficava me atiçando e perguntando se eu gostei que ela foi minha putinha, que ela adorou dupla penetração, que queria mais, que adorava ser uma putinha. Dali para frente tudo mudou… passamos a curtir sempre mais…. a 3 , a 4… tudo vale… eu e minha putinha…..

Contos de Sexo Relacionados

  • Orgia 11 meses atrás

    Gozando os prazeres em uma suruba

    Olá, Me chamo Vinícius(*), tenho 30 anos 1,81 e 85Kg, corpo definido pois malho, e minha esposa Aila(*) tem 27 anos 1,67 e 59kg uma bunda bem durinha por conta da academia e peitos naturais de tamanho médio. Sempre...

    LER CONTO
  • Suruba 1 ano atrás

    Nossa primeira troca de casal

    Boa tarde, me chamo Daniel(*) e minha esposa Michelle(*), nossa história é sobre como foi a primeira troca de casal, então vamos lá. Eu e a Michelle somos casados a 22 anos, eu adoro sexo e a Michelle não fica...

    LER CONTO

2 comentários para “Esposa safadinha na balada liberal

  1. P. • 19 de junho de 2021

    Delicia de conto meu amigo, to querendo fazer assim com minha esposa, ja fizemos uma troca de casal uma vez mais ela não gostou do rapaz.

Deixe seu comentário