Casa dos Contos Eróticos » Xvideos » Fudendo na casa de show com um carinha que acabei de conhecer

Fudendo na casa de show com um carinha que acabei de conhecer

0 votes

Olá, tenho 26 anos, solteira, alta e com um corpo de academia.

A três meses estou sozinha sem namorado, hoje acordei sentindo falta de uma companhia masculina, quando isso acontece sempre uso meu amigo inseparável.

O consolo.

Hoje não adiantou, não consegui gozar com ele, preciso mesmo é de um macho de carne e osso.

Comecei então a me produzir.

Coloquei um vestido bem colado pra realizar minhas curvas, um salto alto, um perfume bem agradável e fui a caça.

Fui a uma casa de show que costuma estar sempre lotada com rapazes muito bonitos.

Chegando lá pedi uma bebida e me aconchegando num canto fiquei observando as opções.

Confesso que nenhum me agradou.

Mais quem observa também é observado.

Sem que eu esperasse me surgiu um rapaz moreno alto com porte atlético e perguntou se podia me fazer companhia.

Claro que disse que sim.

Então sentou ao meu lado e começamos a conversar.

Na casa de show fudendo com o gostoso que conheci

Ele tinha bom papo e era muito agradável.

No meio da conversa começou o papo de namoro, falei que era sozinha e por coincidência ele também.

Já estava tarde e eu resolvi ir embora achei que não ia dar em nada.

Ao me levantar ele se ofereceu pra me acompanhar.

Claro que aceitei.

Quando chegamos na porta do meu prédio ao nós despedir ele perguntou se eu não ia convida-lo pra subir.

Na hora passou mil coisas na minha cabeça.

Peguei sua mão e o conduzi ao elevador.

Quando abri a porta do apartamento ele já me agarrou e beijou minha boca.

Não perdi tempo, fui arrancando minha roupa e ele a dele.

Em minutos estávamos nus.

Quando olhei seu pau, fiquei admirada com o tamanho.

Era muito grande e grosso, tinha uma cabeça enorme e bem avermelhada.

Fui logo de boca e chupei gostoso com todo meu desejo acumulado.

Depois de um tempo peguei ele e levei pro quarto.

Chegando lá sem perder tempo ele me jogou na cama e subindo em mim apontou seu pauzao na direção da minha bucetinha.

Eu já estava toda molhadinha e pronta pra ele.

E falei que queria que ele me fudesse gostoso.

Sem perder tempo ele foi metendo e arrombando minha bucetinha com seu pauzao.

Me sentia completamente preenchida com ele.

Realmente era muito grosso.

Depois de um tempo ele me pegou e colocou de quatro passou a chupar meu rabinho, me deixando cheia de tesão.

Quando ele encostou seu pauzao na portinha do meu rabinho e começou a forçar sua entrada foi uma maravilha.

Senti meu rabinho se abrindo ao máximo e recebendo aquele pauzao todo dentro dele.

Ele bombou com força e acabou de estourar minhas pregas, mais estava uma delícia.

Quando senti ele encher meu rabinho de leite gozei mais uma vez.

Já estava com as pernas bambas de tanto gozar.

Nessa noite ele me comeu quatro vezes.

Pela manhã combinamos a revanche.

Mais aí é outra história.

Contos de Sexo Relacionados

  • Porno 2 anos atrás

    Primeira vez depois q separei

    Após a minha separação muita coisa na minha vida foi embora com o meu ex , eu tinha saído de um relacionamento..... logo eu q sempre chamei a atenção por te 1,57 cm , 55 kg, loira das pernas grossas , até conhecer...

    LER CONTO
  • Xvideos 2 anos atrás

    Fodendo com o Marido

    Oi, meu nome é Maria(*), tenho 23 anos, tenho 1,60 de altura, uns 57 kg, cabelos curtos tingidos de loiro, seios pequenos e bumbum mediano. Meu marido tem 21 anos, bem mais alto que eu, magro, cabelos e olhos escuros....

    LER CONTO
  • Putaria 7 meses atrás

    Carona recheada de sexo e prazer

    Tenho 28 anos, 1,68 m de altura e 59kg. Morena, olhos amendoados, cabelos no meio das costas clareados, rosto ovalado e lábios carnudos. Pernas, barriga e bumbum modelados à custa de muita malhação. Ano passado...

    LER CONTO
  • Xvideos 1 ano atrás

    Minha mulher e um plug anal

    Eu tenho 45 anos e minha mulher 43. Estamos juntos há quase 17 anos. Vivemos bem e nos amamos muito, mas na correria da vida com trabalho e duas crianças acaba que temos menos tempo para o sexo do que gostaríamos. Eu...

    LER CONTO

Deixe seu comentário