Casa dos Contos Eróticos » Heterossexual » Sexo com minha concunhada

Sexo com minha concunhada

1 vote

Depois de ler vários contos aqui, resolvi compartilhar o meu.

Minha concunhada trabalhava junto comigo e eu sempre lia um jornal, todo dia tinha um artigo sobre sexo, e sempre deixava pra que ela também olhasse, com o tempo fomos tornando mais íntimos, um dia perguntei se nós poderíamos fazer aquilo que tinha no jornal (um encontro com sexo). Ela me surpreendeu e disse, quem sabe um dia…

Sem pensar muito eu perguntei: se um dia é possível, pode ser hoje? Seu marido tava viajando, então combinei na casa dela as 20 horas, ele deixou os filhos com a mãe, cheguei primeiro na casa, ela chegou linda, quase passou o portão de casa, colocou o carro na garagem e disse pra eu estacionar o meu na frente, um detalhe: neste dia teve um acontecimento e eu sai com ela a tarde e perguntei se ela fazia sexo oral, respondeu que sim.

Fudi a concunhada safadinha

Voltando para o conto real, não lembro a primeira atitude minha, se foi um abraço ou um beijo, ela me pegou no braço e subimos a escada e fiquei na cama dela sentado, ela foi tomar banho e quando saiu , nossa, estava com uma camisola pequena e calcinha, fui no banheiro rapidinho e deitei ela na cama e tirando sua calcinha.

Comecei a chupar aquela bucetinha toda molhadinha, por um tempo e depois coloquei meu pau todinho nela, depois de alguns segundos ela falou se estava certo fazer aquilo, eu perguntei se ela queria que parasse, ela respondeu que não, dai fiz de uma maneira muito forte, passado alguns instantes ela pegou e me levou ate a escada, eu sentei e ela sentou em meu pau de costas, falando e pulando, cavalinho, cavalinho, cavalinho, não aguentei e gozei.

Levantei e ela começou a chupar meu pau todo lambuzado, começou a reagir mas preferi parar por ai e ir embora, 10 dias depois já estávamos no motel, ficamos assim por cinco anos , dizia que não era minha amante e sim escrava do sexo passado uns 30 anos convidei pra nos sairmos, ela disse que sim e depois desistiu, ainda insisto…

Contos de Sexo Relacionados

  • Heterossexual 11 meses atrás

    Conhecendo o sexo verdadeiro

    Hoje tenho 29 anos,  nunca me deitei com ninguém, a não ser no infeliz ocorrido quando jovem. Mais hoje sou de parar o trânsito. Sei que sou gostosa. Alta, bundão, coxa grossa, cabelos lindos longos. Minha...

    LER CONTO
  • Traição 2 anos atrás

    Aventura sexual com Sogra

    Olá... Irei contar uma pequena aventura que tive com minha ex sogra que vou chama-la de Tereza(*). Minha sogra é uma coroa que não tem um belo corpo mas eu tinha um tesão incontrolável por ela, esse tesão...

    LER CONTO
  • Sexo 2 anos atrás

    Uma transa espetacular

    Combinamos de nos encontrar à noite em meu apartamento. No horário marcado Marina(*) chegou. Fomos para meu quarto e ao iniciarmos as carícias comecei a tirar a roupa que ela estava, se revelando um corpete vermelho...

    LER CONTO
  • Buceta 11 meses atrás

    Transei com um pau amigo

    Olá, irei contar sobre a minha primeira vez com meu P.A (Pau amigo) Tenho 25 anos, mulata, olhos castanhos claros, cabelo cacheado, corpo mediano, cochas grossas, seios médios, cintura fina... Sou muito tímida e...

    LER CONTO
  • Traição 1 ano atrás

    Dei para meu padastro

    Me chamo Ana (fictício), tenho 30 anos, casada, uma filhinha, moro no mesmo prédio da minha mãe. Certo dia estava eu, meu marido, minha filha e meu padrasto Gil (fictício) na piscina do condomínio. Determinado...

    LER CONTO
  • Sexo 2 anos atrás

    Não resisti a visita da minha ex

    Minha ex-namorada é simplesmente a mulher mais safada que já conheci na vida e é graças a ela que vocês estão lendo o presente conto. Do início ao fim do relacionamento, ela sempre teve um fogo quase que...

    LER CONTO
  • Traição 5 meses atrás

    Fiquei com a prima da minha esposa

    Viajamos agora, de férias pra roça e lá saímos a noite pra conhecer a noite caipira...que por sinal foi maravilhosa. Estávamos eu minha esposa ,uma prima dela e seu namorado ,num determinado momento senti uma...

    LER CONTO

Deixe seu comentário