Casa dos Contos Eróticos » Contos Animados » Fodi com meu primo e a namorada dele

Fodi com meu primo e a namorada dele

0 votes

Bom, meu nome é Larissa (fictício) eu tenho 23 anos mais na época tinha 18, eu tinha peitos e bumbum médios e uma buceta rosadinha.

Bom, meu primo se chamava Victor (fictício) e a namorada dele se chamava Alessandra (fictício) os 2 tinham 19 anos, eu sempre tive um tesão no meu primo mais era escondido e ninguém sabia.

Em uma viagem de família, meu primo levou ela, uma loira, com uns peitos de dar até gosto de ver!
Na hora, eu não achei muito bom, mais eu fiquei com uma vontade de pegar aquela loira!!!! Inclusive, foi aí que me descobri ser bissexual.

Meu primo era loiro também, dos olhos cor de mel e com um pau bemmm grande, bom, fomos para uma casa bem pertinho da praia, assim que chegamos na casa, eu troquei de roupa pq onde nós morávamos era frio e lá estava calor então fui trocar de roupa.

Coloquei um croped e um short que mostrava a poupa da bunda, assim que cheguei na sala vi o olhar de desejo da Ale e fiquei com tesão e me aguentei, quando deu umas 16:00 eles resolverem ir a praia, mais eu fiquei vendo tv, a irmã do meu primo ficou comigo, a Ale e o Victor no quarto e o resto da família na praia, até que a irmã do meu primo foi dormir e eu desliguei a luz e fui para o quarto com a Ale e o Victor.

Transando a três: eu, meu primo e sua namorada

Quando eu cheguei lá, eles estavam se beijando e resolvemos brincar de verdade ou desafio só nos 3 mesmo, meu primo me desafiou a beijar a namorada dele eu resisti pra me fazer de difícil e depois peguei aquela loirinha com gosto!!!! O jogo acabou e o Victor foi tomar banho, a Ale pegou o celular e me mandou a seguinte mensagem “caralho, sou lésbica não mais fiquei com vontade de te lamber” e me olhou com cara de safadinha, eu que já queria agarrei ela e comecei a beijar ela, quando vi, ela tava sem sutiã e eu tbm, ela tava lambendo meu biquinho e o Victor ainda no banho.

Tirei o shorts da Ale e passei a mão na bucetinha dela por cima da calcinha, a buceta dela tava toda meladinha, tirei a calcinha dela e chupei aquela buceta gostosa ela gemia muito e delirava eu enfiei o dedo naquela buceta, ela falou que era a vez dela de chupar e tirou minha calcinha e me chupou cara, senti como se eu estivesse no céu , aí de repente vejo o Victor entrando no quarto e vendo tudo aquilo, ele ficou chocado, eu pedi pra ele senta, eu fiquei de quatro, com a boca no pau dele chupando bem gostoso e a Ale na minha buceta, o Victor tava sem roupa, pois não era novidade eu ver ele sem roupa, e eu acho que a namorada dele também já tinha visto e ele tinha acabado de sair do banho.

Aí eu troquei de lugar com a Ale, eu chupava a buceta e dela e ela chupava o pau do Victor, eu sentei no colo do Victor com o pau dele já dentro de mim, eu era virgem então foi bem difícil de entrar, doía muito mais eu tava com tanta tesão que nem liguei, eu sentava com força naquele pau, a Ale veio pelas minhas costas e começo a aperta meu biquinho, aí o Victor falou “você quer que pare? ” Eu não respondi mais comecei a cavalgar com força e ele entendeu o recado.

Troquei de lugar com a Ale, eu tava com a buceta doendo de mais então fui ao banheiro tentar fazer com que ela pudesse parar de doer, mais não adiantou, mais eu não ia parar de fuder a minha tesão era maior, quando eu cheguei lá no quarto, a Ale tava de quatro e o Victor tava bombando muito forte tava um barulhão, pedi para que ele fosse mais de vagar não por ela, pq aquela buceta já era arregaçada e ela já tava acostumada, mais pela minha prima que estava dormindo, aí a Ale falou :

“Vem safada deixa ele comer essa buceta gostosa

Eu fiquei de quatro e ele bombando até que ele falou que ia gozar então eu puis a boca naquele pau, e senti o leitinho dele, voltei a ficar de quatro e ele bombando, aí ele queria parar, mais eu tava cheia de tesão e sentei ele e cavalguei no pau, naquele momento não pensava na dor , só no quanto estava gostoso , a Ale batia uma siririca então eu cansei. E continuei com o pau na minha buceta…

Mais não parou por aí, teve de outros dias pois uma semana rendeu muitas fodas…

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário