Casa dos Contos Eróticos » Buceta » Me tornei uma putinha safada para o vizinho

Me tornei uma putinha safada para o vizinho

1 vote

Olá, tenho 1,56, cabelos longos e pretos, morena, bunda grande, coxas grossas e peitos médios. E vou contar o dia que eu transei gostoso com meu vizinho.

Ele tinha 1,90, moreno, cabelos pretos, dono de um corpo que causava suspiros por onde passava, e com um olhar safado e eu era louca pra dá pra ele.

Ele estava passando na rua e me ofereceu uma carona e de repente ele perguntou se eu tinha namorado eu disse que não, e ele começou a me elogiar a dizer que me achava gostosa e disse que tinha bastante tesão em mim depois que ele falou isso eu comecei a investir disse que tinha bastante tesão nele e que queria muito dá pra ele. E antes de descer ele me deu um beijo gostoso que me deixou molhada na hora e disse que mais tarde voltaria pra me buscar e matar minha vontade e a dele.

O dia que meu vizinho me transformou na putinha dele

Depois do trabalho ele foi me buscar e saímos pra jantar e no jantar mesmo já começamos a trocar caricias e eu tirei minha calcinha e entreguei a ele para que ele pudesse ter uma previa do que esperava ele. Depois de comermos ele me levou direto ao um motel e mal entramos no quarto ele já veio logo me beijando, com um beijo quente intenso e ai empurrei ele na cama e tirei a calça e a cueca que ele tava e vi aquele pau gosto, grande e grosso e não resistir e cai de boca, chupei como se fosse um picolé de chocolate kkkk.

Então ele me puxou pelos cabelos me colocou de quatro e começou a me chupar gostoso, não aguentei e gozei como nunca tinha gozado antes e ele bebeu todo o meu gozo como o bom garoto que ele é.

Eu já estava louca pra sentir aquele pau gostoso entrando dentro de mim e quase implorei pra ele meter gostoso dentro da minha buceta que implorava por rola, e ele obedeceu meteu com tudo sem pena, dando estocadas fortes e eu gemia pedindo pra ele não parar e quanto mais eu pedia pra ele me comer mais forte ele metia não demorou muito gozei de novo e fiquei fraca de tanto que gozei.

Ele percebendo isso me pegou no braços me encostou na parede e começou a meter ali mesmo e eu já tava com a buceta toda arrombada e assada mais não tava nem ligando. E ele me tratava que nem uma puta, dava tapa na minha cara, me enforcava e isso só me deixava com mais tesão.

Até que ele anunciou que ia gozar e eu pedi pra ele dá leitinho na minha boca, chupei, punhetei até ele gozar e bebi tudinho não deixei cair nenhuma gota. E desde então eu sou a putinha do meu vizinho a hora que ele quer ele me come do jeito que ele quer.

Escrever esse conto me deu tanto tesão que vou até bater uma siririca, beijinhos…

Contos de Sexo Relacionados

  • Buceta 2 anos atrás

    Comi a mulher e o corno manso

    Olá sou novo aqui, e hoje vou contar o que me aconteceu faz pouco tempo. Estava desanimado da vida, a médica que eu transava no trabalho foi embora para outra cidade, eu parei de fazer as loucuras. Certo dia eu...

    LER CONTO
  • Corno 9 meses atrás

    Sentando na rola do gostoso misterioso

    Eu estava insatisfeita com meu marido na cama, ele mal queria transar, e quando eu falava muito ele ia, mas com aquela má vontade, nem fazia uma preliminar, mandava eu fazer o pinto dele subir e depois eu sentasse em...

    LER CONTO
  • Buceta 3 anos atrás

    Transei com um pau amigo

    Olá, irei contar sobre a minha primeira vez com meu P.A (Pau amigo) Tenho 25 anos, mulata, olhos castanhos claros, cabelo cacheado, corpo mediano, cochas grossas, seios médios, cintura fina... Sou muito tímida e...

    LER CONTO
  • Sexo 3 anos atrás

    Não resisti a visita da minha ex

    Minha ex-namorada é simplesmente a mulher mais safada que já conheci na vida e é graças a ela que vocês estão lendo o presente conto. Do início ao fim do relacionamento, ela sempre teve um fogo quase que...

    LER CONTO
  • Buceta 3 anos atrás

    Dei pro cara no elevador do prédio

    Tudo começou quando eu estava indo pra piscina que ficava no andar superior do prédio em que eu moro, modéstia parte meus pais são muito bem financeiramente e eu tenho alguns privilégios. Sou morena, alta, tenho...

    LER CONTO

Deixe seu comentário