Casa dos Contos Eróticos » Corno » Sou viúvo e saio com a esposa de meu cunhado

Sou viúvo e saio com a esposa de meu cunhado

Sou um viúvo pacato, faz tempo que não tenho ninguém, eu pensava que não ia mais querer ninguém, mas aí conheci a sogra do meu filho, uma mulher casada, mas muito charmosa, ela tem os seios que me despertou um tesão, eu fiquei mais feliz quando olhava para ela, e ela conversava comigo me dava conselhos, ninguém imaginava que eu estava louco por ela, para dar uma boa trepada, eu sonhava loucuras, imaginava metendo nela de quatro, mas para todos eu era o pacato viu, isso me ajudou, a comer a mulher dos outros, e não parou por aí, eu despertei para o sexo.

Adoro comer a mulher do meu cunhado

Nas reuniões familiares sempre eu ia, eles tentavam de tudo pra me animar, e a sogra do meu filho começou a me visitar, ela vinha conversar, pra eu me animar, e eu me animei sim, só de olhar pra aquele corpão dela, mulher cheirosa, ia passando os dias e eu ia me ajeitando mais, voltei a malhar, a sorrir, ela estava gostando dos nossos papos, tanto que ela também estava curtindo nossos encontros, vinha todos os dias sem falta, se arrumava, nós estávamos entrosados, curtindo o momento, chegou um dia que eu não quis mais esperar, ela chegou e eu fui pegando na mão dela, dei um abraço com um cheiro no pescoço, e fui fazendo massagem no ombro dela, descendo pras costas, cintura, fui até a bunda, ela sentada não falava nada, calada, então eu continuei, fui com as duas mãos nos seios dela, massageei, depois fui pra frente dela, me ajoelhei e abri as pernas dela, beijei as coxas, ela suspirava, e olhava pra mim, eu disse:

– Há muito tempo que eu quero você, deixa eu te fazer uns carinhos?

Transando com a casada gostosa

Ela balançou a cabeça que sim, e eu fui, tirei o short que ela estava, e vi a calcinha linda, era preta de renda, ela muito branca destacou, e eu olhei admirando a buceta carnuda dela, tirei a calcinha e fui pra dentro, comecei chupando, chupei grelo, depois lábios, e ela se revirando, modéstia parte eu sou um homem bom de cama, sei dar prazer a uma mulher e sinto prazer nisso, amo uma buceta, e aquela em especial estava muito apetitosa, quase não tiro a cara dela, até que subo e vou mamar os peitinhos lindos que ela tem, nessa hora levanto e boto a rola na frente dela, ela bate uma punheta e depois coloca na boca, chupa com aqueles lábios maravilhosos meu pau, me dava mais tesão, eu empurrava a cabeça dela e fazia movimentos, estava maravilhoso, mas melhorou quando enfie a pica nela, ela toda aberta, deitada, submissa a mim, e eu enfiando, em cima dela, rebolei, enfiei, meti, fiz tudo que há muitos anos eu não fazia, e é como andar de bicicleta, não esquece, como é gostoso, quanto mais faz, mais vontade dar de fazer, nos transamos, nos beijamos, ela se limpou e disse:

– Já tô indo, tá?

E eu falei:

– Algo mudou entre nós?

E ela disse:

– Claro que sim, nós transamos!

E eu falei:

– Mas você não vem mais aqui?

E ela disse:

– Venho sim, venho transar com você!

Eu sorri, e falei:

– Você é uma delícia, quero te comer direto, vamos fazer bem feito pra ninguém perceber!

Ela foi embora e no outro dia esperei e nada dela, fui atrás na casa dela, chegando lá ela estava só, me disse que todos haviam saído a ela não poderia ir, percebi que estava meio diferente, então comecei a beija-la nos pés, e ela não resistiu, transamos ali no quarto dela e do marido, a coisa já está ficando séria, mas não vou desistir, quero transar com ela custe o que custar!

Contos de Sexo Relacionados

  • Minha esposa virou puta de um mendigo

    Olá, tenho 53 anos sou casado uma morena linda de 35 anos e temos uma vida tranquila do interior. Sou comerciante e minha esposa me ajuda no comércio e não temos filhos. Meu conto começa no dia que apareceu um mendigo em uma construção inacabada pelo município que fica...

  • Minha esposa se transformou em uma puta e eu em corno

    Sou casado a muito tempo, ela é um mulherão, de academia, safada, e agora viciada em sexo. Arrumo homem para ela em sites liberais, sempre querendo só machos singles para me fazer de corno, afinal adoro apreciar o adultério da minha amada, da mãe dos meus filhos, amor da...

  • Apimentando o meu namoro com o melhor amigo do meu namorado

    Oi, tudo bem? Meu nome é Raquel e vou contar a história de como apimentei o meu relacionamento. Estou em uma relação há mais de dez anos, eu e meu namorado estudamos a vida inteira juntos. Nós perdemos a virgindade um com o outro e nunca tivemos nenhuma aventura fora da...

  • Comi a mulher e o corno manso

    Olá sou novo aqui, e hoje vou contar o que me aconteceu faz pouco tempo. Estava desanimado da vida, a médica que eu transava no trabalho foi embora para outra cidade, eu parei de fazer as loucuras. Certo dia eu estava no sofá de casa e resolvi arrumar alguém, alguma...

  • Realizei o fetiche de ser corno

    me chamo yago tenho 23 anos e minha esposa 23 também, uma branquinha de um rabão lindo e gostoso. eu sempre tive o fetiche de imaginar ela fudendo comigo e com outro ao mesmo tempo, mas nunca tive coragem de propor isso a ela.. até que uma vez acabei tocando no assunto e...

  • Levando pau do amigo do meu marido

    Fui casada há muitos anos atrás, ficamos casados uns quatro anos e meio, namoramos e noivamos rápido, e foi só lua de mal, depois que passou uns anos nós esfriamos um pouco, ele como demonstrava ser muito apaixonado já era menos atencioso, saia muito com amigos e chegava...

  • Me tornei corninho manso e minha linda amou cacete do garotão

    Pessoal, hoje quero contar uma coisa que aconteceu comigo, não posso negar meu desejo de ver uma namorada minha sendo comida por outro, todas que tive, me masturbava pensando em outros machos dotados metendo nelas, fazendo elas terem muito prazer. Mas a que tenho, é um mel,...

  • Corninho na praia

    Bom, somos um casal muito safado eu com 32 ela com 30, ela morena gostosa eu moreno chamo bastante atenção das mulheres também, mas vamos ao conto. Fomos viajar pra praia,  chegamos na pousada arrumamos nossas coisas bem rápido e nos aprontamos para ir para praia eu de...

  • Primeira vez com outro em viagem com o marido – parte 2

    Em outro conto, relatei a minha primeira vez com outro na frente de meu marido. Eu sou, morena, magrinha de cabelos cacheados, e gostosinha rs Estávamos viajando em uma cidade litorânea e dei para o motorista da van após sairmos da balada, sim o meu marido estava juntinho...

  • Gostei da maneira como virei corno manso

    Depois da primeira vez que eu vi minha esposa fodendo com um negão e adorando, eu resolvi ser corno, mas sem ela saber que eu sabia. Com certeza ela iria foder com outros sem eu saber mesmo...mas eu queria ter o prazer de arrumar uns machos pra ela, e ter o prazer de ver ela...

Deixe seu comentário