Casa dos Contos Eróticos » Porno Gay » Cobiçando o vizinho

Cobiçando o vizinho

0 votes

Olá, tenho 24 anos e este conto se passou recentemente.

Bom, moro em um bairro bem simples, casas populares, já vou logo dizendo, neste conto não terá aquele homem sarado e muito menos um boy de 25cm, como sempre exageram nas descrições de alguns contos.

Mas enfim, tudo começa assim, eu tinha uma mania de usar um perfil antigo de facebook com a finalidade de arrecadar nudes de caras que se diziam héteros, mas nada de querer prejudicar ninguém, longe de mim isso, e certo dia encontro o perfil de um cara que mora na minha rua, enviei a solicitação com a esperança de que ele aceitasse né.

Com alguns dias ele aceitou a solicitação, muito precoce já fui mandando um Oi, mas nada de ter resposta e nem de que ele visualizasse a mensagem. Continuei insistindo e enviando mensagens, até que um dia ele visualizou e respondeu com apenas um “Oi” seco.

Ele era um moreno de mais ou menos 1.80, peludo, corpo rude, pois é um mecânico de caminhão, 42 anos de idade. Sempre que retornava da faculdade, o via sujo e suado, coisas que confesso, me deixavam muito foguento por ele, mas como não tinha intimidade, só passava e dava bom dia.

Desejando a rola do vizinho

Com o passar do tempo fiquei mais fissurado nele, com um olhar mais “hot”, estava pensando como seria aquele corpo suado, seu cheiro e também seu pau. Voltando para as conversas em anônimo no facebook, comecei a fazer insinuações mesmo sabendo que poderia ocorrer de ele não curtir e me bloquear na mesma hora, para a minha surpresa, ele interagiu, como eu já estava em êxtase, já na primeira resposta, eu já estava imaginando sendo traçado por ele, mas comecei a falar coisas mais pesadas relacionadas a sexo, com tudo ele respondeu, cheguei e falei “Ta sou um garoto, você teria vontade de fazer mesmo assim?

Para a minha surpresa ele relatou algo que não esperava, contou que por sua esposa ser evangélica, muitas taras de que tinha nunca teve oportunidade de fazer, foi ai que eu né bobo nem nada, ofertei os serviços da gata aqui. Falei que entendia e que se ele curtisse poderia realizar suas taras e fetiches no sigilo, ele topou, mas o que eu mais temia era mostrar meu rosto, pois até então ele não fazia ideia que eu estava a 2 casas de distancia dele louco pra sentir aquele homem em cima de mim.

Com tudo trocamos nudes e ele gostou muito da minha bundinha, sou magro e tenho aquela bunda de grilo, mas quando ele mostrou a foto do seu pau, confesso que fiquei sem acreditar e ao mesmo tempo fiquei com um frio na barriga, seu pau pela foto já parecia ser grande, um cacete preto da cabeçona roxa, pela foto tinha cerca de uns 18cm, confesso que nem sou uma fonte de pré-sal né, nunca tinha levado um pau com esse tamanho, fiquei nervoso.

Mas enfim, combinamos tudo, mostrei meu rosto, com um pé atrás, ele não respondeu, visualizou e não respondeu. Pensei logo, fudeu, ele vai contar pra mulher dele e vai ter um barraco aqui na rua. Mas passou 1 dia e ele não tinha mandado mensagem nem nada e também ninguém derrubou a casa, fiquei com um sentimento de alivio e de tristeza, até que ele responde, “poxa é você, conheço você, nossa essa bundinha gostosa é seu mesmo?!” fiquei feliz pelo elogio e que também ele não tinha me rejeitado até então.

Com vergonha falei, pois é e ele falou você me curte é, respondi a ele que sim. Combinamos de em torno de 1 da manhã ele ir na calçada da casa dele, pois a minha era 1 casa depois na mesma rua. Ele então veio, pois estava arrumando algumas coisas de um caminhão que estava com algum problema. E ele veio com a camisa no ombro, um short sujo de graxa e de longe eu sentia seu cheiro e sabia que ele estava do jeito que mais sinto fogo por ele, ai ficamos sentados na calçado como quem não queria nada, dai ele falou pra mim “ Eita quer dizer que você curte né?!”

Ai respondi sem jeito que sim, ele foi logo dando uma segurada brusca no pau dele que por sinal já estava bem duro. Na minha casa tem uma área o mandei entrar, como meus pais estavam dormindo, por ter sono pesado, pedi a ele que mesmo assim não fizesse barulho, então chegara meu momento, o que eu tanto esperava tinha chegado. Ele falou no meu ouvido vou tem algum problema com o cheiro. Eu estava tão em êxtase que nem respondi e também estava admirando aquele pau na minha frente alguns centímetro de distancia do meus lábios, foi ai então que fui colocando lentamente a cabeça do pau e fui até onde conseguia colocar na boca, sentir o cheiro dos pentelhos dele, confesso me deixava com uma sensação incomparável a qualquer outra que eu já tenha sentido.

Seu pau era de fato grande, mas não sei ao certo o quanto media, mas chupei e chupei até que ele então pediu pra eu deixa ele brincar com a minha bunda, eu estava tão animado que nem me veio a cabeça se eu aguentaria aquilo, pois tinha uns 2 anos que eu só vivia de punheta, mas deixei, senti uma forte cuspida na minha bunda, em seguida seu dedo massageando, logo depois outra cuspida, mais uma massagem e agora já pude sentir a cabeça empurrando contra o meu cu que estava aflito em saber que ia ser destroçado.

Com muito empenho fui sentindo aquele pau tomar conta do meu rabo, confesso eu estava segurando o pranto diante daquele macho, quando senti que ele estava dentro reclinei um pouco pra ver se aliviava a dor, mas a sensação de ser servido pra aquele homem me deixava melhor, começou um vai e vem muito forte e então ele tirou o pau e pediu pra gozar na minha cara, nossa ele literalmente me sujou inteiro com gala quente. Ele ainda estava de pau duro e notei que eu tinha sujado ele um pouco e também que tinha um pouco de sangue, pensei meu adeus um cu né.

Mas ele ainda com o peito todo suado, perguntei a ele se eu poderia passar a língua no peito suado dele e ele carinhosamente com uma mão colocou na minha nuca e levou até o peito dele, para alguns pode ser bobagem mas eu fiquei maravilhado em poder fazer isso e sentir seu cheiro…

Mas enfim, depois de tudo isso, eu realmente sentia muita dor no rabo, mas satisfeito, me despedi dele e ele foi pra casa, antes ele falou assim toma aqui pra você, ele me deu sua cueca com seu cheiro suado e mandou eu me preparar pra próxima vez.

E foi isso gente, na mesma semana o reencontrei novamente, passei uns 3 dias sem sentar direito, mas foi tudo pra mim. Espero que tenham gostado desse conto, não tenho experiência em relatos mas acho que descrevi bem como foi, abraço!

Contos de Sexo Relacionados

  • Porno Gay 5 meses atrás

    Com 60 anos passei a gostar de homens

    Ola... tenho 66 anos  Aos 60 anos comecei a dar. Um amigo me iniciou e não mais parei Aqui onde moro tem uma estrada abandonadas que conheci a quatro anos. Se vc entrar lá de carro anda uns 1000 metros e tem que...

    LER CONTO
  • Porno Gay 2 meses atrás

    Arrombado pelo homem do box

    Olá.... sou branquinho com estatura normal. Minha mãe estava saindo para trabalhar e disse: fica esperto que hoje vem o homem para colocar o box no banheiro. Fiquei deitado no sofá assistindo tv sem camisa e com um...

    LER CONTO
  • Porno Gay 9 meses atrás

    Troca troca com meu primo

    Bem isso aconteceu já uns anos.  Não vou citar nossos verdadeiros nomes, serão fictícios. Vou me chamar de Rodrigo e ele de Vinícius. Eu e meu primo morávamos perto um do outro questão de 3 minutos de...

    LER CONTO
  • Porno Gay 3 semanas atrás

    A primeira vez que cai na vara

    Desde jovem sempre tive curiosidade e pegar, sentir a vara de outro homem de vc o tempo foi passando me casei mas nunca perdi aquela cantada de brincar com uma pica, sempre me masturbei pensando em homens, brincava com...

    LER CONTO
  • Porno Gay 4 meses atrás

    Transei com meu melhor amigo

    Um dia chamei meu Amigo para vir aqui para casa, minha mãe ia passar o dia trabalhando, ele topou na hora e veio. Fomos para meu quarto ficamos assistindo, jogando vídeo game e conversando. Ele é meu melhor e...

    LER CONTO
  • Porno Gay 8 meses atrás

    Primeira vez na sauna

    Olá, sou casado (com mulher rsrs), tenho 39 anos (quase 40), vou relatar como foi a primeira vez que fui numa sauna de público masculino. Eu já tinha tido algumas experiências homossexuais (Boquete, adoro fazer...

    LER CONTO
  • Porno Gay 3 meses atrás

    Curtindo uma massagem com bom sexo

    Ola, tenho 30 anos sou moreno claro 1.74m 74kg ....o relato a seguir foi uma experiência pessoal. Uma certa tarde de verão estava de bobeira em casa, resolvi pesquisar nos classificados de um jornal local os...

    LER CONTO
  • Porno Gay 6 meses atrás

    Servindo meu dono

    Sou homem, mas sempre tive a fantasia de ser a puta submissa de um macho. Há um pouco mais de um ano conheci no sexlog um homem com o perfil que procurava há anos. Um macho dominador, safado no sexo, experiente e com...

    LER CONTO
  • Porno Gay 11 meses atrás

    Virei femea do amigo do quartel

    Meu nome é Vinícius (*), até que fui servir ao serviço militar, já com 18 anos, eu namorava muito, pois era bonito, com um belo corpo, moreno claro, 1,75 alt. Pesava cerca de 80 quilos, tinha pernas longas e...

    LER CONTO

Deixe seu comentário