Casa dos Contos Eróticos » Porno Gay » Meu Primeiro Homem

Meu Primeiro Homem

0 votes

Olá… hoje tenho 45 anos, mas aos 36 anos e após minha primeira e única experiência com uma boneca aos 25 anos, fiquei me lembrando daquela experiência com a boneca. Sempre entrava em sites na busca de garotos dotados, lisos, ativos, passivos, acompanhantes entre outros, eu via de tudo e me masturbava com aquelas imagens e vídeos.

Um dia entrei no bate papo numa sala de gays e acabei conhecendo um rapaz, trocamos telefones. Então começamos a conversar algumas vezes por semana, até que um dia ele me convidou para ir no seu apto, então resolvi ir à tarde, meu coração batia a mil por hora, meu pau duro, uma tremedeira no corpo descontrolada.

Cheguei no local e liguei para ele, não encontrava o prédio, é um lugar que deve ter 30 prédios de 3 andares, andei tudo aquilo e achei até que poderia ter caído num trote, mas liguei e ele atendeu e me mandou esperar num local que ia descer para me buscar, fiquei lá esperando e de repente vejo um bruta monte, fortão, enorme, sem camisa, tatuado peludas e com cara de que ia me roubar, gelei e ao mesmo tempo pensei caraca não tem nada a ver com a descrição que ele fez…

De repente o cara passa lotado por mim e me deu um puta alívio, caraca não era ele ufa kkkk. Esperei uns 10 minutos e o rapaz enfim aparece, um garoto de 27 anos, branco, 1,75 altura, magro e bem apessoado, nos cumprimentamos e percebi que ele tinha um leve feito de “delicado”, mas até aí tudo bem, eu continuava tremendo, com taquicardia e com o pau duro.

Subimos no seu apto e ele me disse que morava com uma moça e eles dividiam o apto e que ela estava viajando, visitar a casa dos pais.

Sentamos no sofá ficamos conversando nos conhecendo e bebendo uma cerveja, então eu disse que ele era muito charmoso e exatamente como descrito, ele colocou a mão sobre a minha perna chegou bem perto de mim e me beijou na boca com um selinho, eu abaixei a cabeça, mas em seguida levantei e dei um malho longo, profundo e demorado e com a mão segurando a sua nuca para não escapar de mim, até que ele disse calma eu preciso respirar.

O primeiro homem nunca esquecemos

Ele começou a acariciar meu pau sobre a calça e percebeu que estava duraço. Ele quis tirá-lo para fora mas eu disse que precisava tomar um banho ele se levantou e me trouxe uma toalha, eu disse, pq vc não vem comigo. Não deu outra, arrancamos a roupa e lá fomos nós para banheiro, entramos no chuveiro e um ensaboava o outro, ele tinha um pau enorme e grosso, uns 23 cm contra os meus 17 cm.

Eu fiquei com água na boca e nos punhetavamos um ao outro e eu não resisti, me ajoelhei no box com a água batendo nas minha costas e comecei a mordiscar aquela rola enorme, ela está meia bomba, então comecei a chupar aquela cabecinha e fazendo movimentos com a língua só ouvia os gemidos e a mão dele apertando meus ombros, senti que ele estava curtindo, afinal aquele pau ficou duro como nunca tinha visto, fui e comecei a engolir aquela rolona, hummm que delícia de pau.

Ele me pediu calma, disse que eu estava muito afoito, nos secamos e fomos para o quarto. Lá ele me deitou na cama e eu disse que estava muito nervoso, disse que iria me relaxar e começou a acariciar todo meu corpo, dando beijinhos e mordiscadas até que chegou no meu pau e me fez um boquete inacreditável, quase gozei, então pedi para ele deitar na cama e eu fui por cima para fazer um 69, mamei aquele puta pau com gana e ele delirava me chupando, até que começou a passar o dedo levemente ao redor do meu cuzinho, eu piscava pq aquilo me dá um tesao louco, de repente começo a sentir sua língua no meu cuzinho, então com as mãos agarrei o edredom com força, arrebitei a bunda e dei um urro de tesão, seguido de um suspiro é uma respiração ofegante.

O safado percebendo isso intensificou as chupas enfiando a língua no meu cuzinho e eu não conseguia mais mama-lo pq estava perdendo o controle de tesao, nossa só de lembrar meu pai fica durão.

Depois de meia hora nessa tortura eu pedi, pelo amor de Deus me come como você quiser, ele se levantou me colocou de quatro saiu do quarto e quando volta vejo ele colocando a camisinha e passando condicionador de cabelo na rola e lambuzando meu cuzinho que quando sentiu aquilo geladinho piscou, então me arreganhei inteiro de quatro, com a bunda bem arrebitada e ele encostou a cabeça no meu cuzinho, onde dei uma suspiro e eu mesmo dose para ele ficar parado e fui empurrando meu rabo para aquela pica e pouco a pouco fui senti do aquela tora me rasgando, tive que parar várias vezes e pedir para ele não se mexer até voltar a empurrar meu rabo contra aquela mastro.

Eu segui empurrando e ele me diz “calma, já entrou tudo.” Nossa delirei quando soube que aquela rola estava toda dentro de mim e piscava meu cuzinho com força para ele sentir meu tesao, então eu disse, agora e com vc. Meu Deu… ele começou a cadenciar os movimentos e em pouco tempo estava socando dentro de mim, até que eu comecei a gozar na cama sem me tocarem, ele seguiu e eu pedi para ele gozar me comendo, nossa que lembrança maravilhosa.

Ele gozou litros quando vi a camisinha fiquei chocado com a quantidade de gozo, nos abraçamos e ficamos lá curtindo essa sensação. Depois de uns 40 minutos fomos novamente tomar banho e começamos tudo de novo, desta vez eu o deitei de bruços, deitei sobre ele e o comi muito gostoso. Aí meu Deus que delícia, depois sai mais 3 vezes com e conto depois.

Contos de Sexo Relacionados

  • Porno Gay 1 ano atrás

    O novinho loirinho passivo me comeu

    Estava em viagem no interior, já era noite e eu pensei em dormir por lá mesmo antes de voltar. para casa. Na época tinha 40 anos, estava passando por uma rua as 20:30 da noite e andava devagar, de repente vejo uma...

    LER CONTO
  • Porno Gay 2 anos atrás

    Com 60 anos passei a gostar de homens

    Ola... tenho 66 anos  Aos 60 anos comecei a dar. Um amigo me iniciou e não mais parei Aqui onde moro tem uma estrada abandonadas que conheci a quatro anos. Se vc entrar lá de carro anda uns 1000 metros e tem que...

    LER CONTO
  • Porno Gay 1 ano atrás

    Cortei o cabelo e ainda ganhei rola

    Em um belo dia de terça feira, estava com um clima muito agradável, propenso a ótimos acontecimentos e decidi cortar o cabelo, já que estava um pouco grande. Fui ao mesmo cabeleireiro de sempre, já que era...

    LER CONTO
  • Porno Gay 11 meses atrás

    Segunda vez com o japinha do bate papo

    E aí galera, mais uma aventura, esse carinha eu o conheci no bate papo e já contei aqui como foi nosso encontro onde não conseguimos transar, mas desta vez foi diferente. Após umas duas semanas da primeira vez que...

    LER CONTO
  • Porno Gay 2 anos atrás

    Primeira vez na sauna

    Olá, sou casado (com mulher rsrs), tenho 39 anos (quase 40), vou relatar como foi a primeira vez que fui numa sauna de público masculino. Eu já tinha tido algumas experiências homossexuais (Boquete, adoro fazer...

    LER CONTO
  • Porno Gay 1 ano atrás

    Arrombado pelo homem do box

    Olá.... sou branquinho com estatura normal. Minha mãe estava saindo para trabalhar e disse: fica esperto que hoje vem o homem para colocar o box no banheiro. Fiquei deitado no sofá assistindo tv sem camisa e com um...

    LER CONTO
  • Porno Gay 2 anos atrás

    Transei com meu melhor amigo

    Um dia chamei meu Amigo para vir aqui para casa, minha mãe ia passar o dia trabalhando, ele topou na hora e veio. Fomos para meu quarto ficamos assistindo, jogando vídeo game e conversando. Ele é meu melhor e...

    LER CONTO

Deixe seu comentário