Casa dos Contos Eróticos » Orgia » Gozando os prazeres em uma suruba

Gozando os prazeres em uma suruba

Olá, Me chamo Vinícius(*), tenho 30 anos 1,81 e 85Kg, corpo definido pois malho, e minha esposa Aila(*) tem 27 anos 1,67 e 59kg uma bunda bem durinha por conta da academia e peitos naturais de tamanho médio. Sempre tivemos um relacionamento liberal juntos a 5 anos.

Já realizamos várias fantasias desde ménage a orgias, porém o que acontecera mudou totalmente nossa percepção de relacionamento, pra nós para melhor ainda.

Pois bem, sou Engenheiro civil e recebi uma proposta excelente de trabalho na África do Sul pois o meu pagamento lá seria em dólar então em conversão direta eu ganharia o equivalente a 5 vezes a mais que aqui no Brasil e como somos jovens e queríamos acertar a vida e ter estabilidade financeira acabei aceitando.

Bom chegamos lá em uma semana já estávamos alocados e eu iniciara o trabalho, logo já fiz amizade com o pessoal do trabalho e um amigo engenheiro também me convidou para ir um final de semana na casa dele onde teria um churrasco a beira da piscina.

Chegando lá estava ele sua esposa, dois primos e mais uns 3 casais. Papo vai e papo vem já tínhamos tomados algumas doses e entramos no assunto sexo. Então trocamos confidencias junto com nossas esposas e outro casal que ali estava, o papo foi bem quente e logo mudamos de assunto pois naquela toada iriamos transar ali mesmo.

Suruba com negões pauzudos

Lá pelo final da tarde estava somente nós, ele e sua esposa e seus dois primos que estavam em estadia por lá. Todos eles eram negros pois eram nativos de lá mesmo e nós brancos minha esposa é branquinha e tem o cabelo liso bem preto. Então voltamos no assunto sexo novamente e logo surge a pergunta se nós já havíamos feito swing com negros e se toparíamos.

Eu e minha esposa nos olhamos demos risadas e falamos já havíamos feito. Antes de falar qualquer coisa a esposa dele pegou em meu pau começou me encarar e de canto de olho olhando para seu marido, minha esposa olha pra mim e da uma risadinha imaginando que iria acontecer. Ali mesmo já dei um beijo na nela e como é gostosa tem lá pelos seus 1,64, uma bunda maravilhosa que como só as negras tem e peitos medianos também parecido com os de minha mulher, ela se abaixa e começa a me fazer um boquete delicioso.

Olho para o lado e vejo minha mulher envolvida pelos 3 negros que ali estavam meu amigos e seus dois primos, ela já sem a parte de cima do biquíni, enquanto beijava um enquanto outro puxava sua calcinha de lado e tocava uma siririca e o outro negro com o pau de fora batendo já uma punheta. Quando vi isso meu pau ficou mais latejando ainda pois sabia o que viria pela frente.

A mulher percebeu e disse pra mim que ia foder comigo enquanto os 3 iriam arrombar ela, o primeiro negro tinha um pau de tamanho normal imagino comparado ao meu, mas quando meu amigo e um dos seus primos tiraram os deles para fora eram descomunal. A mulher me empurra e sobe em cima de mim e começa a cavalgar e que buceta deliciosa a mesma tinha. Começou a me beijar de forma deliciosa logo me sentei novamente e resolvi dar um trato nela pois estava em êxtase com aquela situação, olho para o lado e minha esposa de quatro chupando um dos negros e meu amigo se posicionando atrás dela e começando a empurrar aquela tora dentro dela devia ter uns 25cm, ela começa gemer alto de prazer e a cada gemido dela eu metia com mais força.

A posicionei de frango assado e comecei a beijar a mulata e estocar cada vez com mais força, e a cada olhada via os negros se deliciando com minha esposa branquinha, o negro de tamanho normal toma a vez de meu amigo e começa a pincelar seu cu e diz que vai enrabar a branquinha, minha esposa começa a gemer deliciosamente enquanto chupa os outros dois negros descomunais, logo após ele sai e sobe no outro primo de meu amigo que também devia ter uns 22cm de pau, minha esposa começa a gemer mais alto ainda enquanto chupa meu amigo, resolvo mudar de posição e pegar a mulata de quatro e no meio da transição escuto minha esposa gritando ainda mais alto e pedindo para ser arrombada, quando enfim mudamos de posição olho novamente para eles e vejo minha mulher em uma deliciosa DP com os primos enquanto chupa meu amigo, olho para baixo e vejo aquele rabo magnifico da mulher.

Começo a me deliciar e dou algumas lambidas em seu cuzinho para meter nele, ela se quer questiona posiciono meu pau e aquele cuzinho chega a sugar meu pau pra dentro e que delicia de rabo fico ali apreciando aquele cuzinho e olhando minha esposa ser fodida por dois negro um dos primos sai e da espaço para meu amigo e então são dois paus descomunal arrombado minha esposinha enquanto o outro primo abafa seus gemidos com seu pau, a mulher gemendo eufórica enquanto eu a fodo, logo a mulata anuncia um gozo e estremecendo suas pernas comigo em cima dela ainda, tiro meu pau e ela me chupa até eu gozar em sua boca.

Ficamos ali em êxtase observando o que seu marido e os dois primos faziam com minha esposa. Então eles mudando de posição minha esposa levanta com as pernas tremulas pois já devia de gozado algumas vezes, eles a colocam de quatro e um vai em seu cuzinho enquanto o outro consegue penetrar em sua buceta, ela sem folego já abaixa sua cabeça totalmente e abraça uma almofada em sua frente e aceita aqueles dois paus a arrombando e geme como louca, ficam meu amigos e seus primos revezando naquela posição com ela até que eles anunciam que vão gozar, meu amigo primeiro dentro do seu cuzinho meus começa a foder com mais força e goza litros dentro dela sai de cima e mostra seu cuzinho todo aberto, arrombado e cheio de porra.

Que cena meus amigos, ela totalmente sem força se deita no chão e se vira de frango assado enquanto um dos primos começa a foder sua boceta e outro vai ganhar um boquete e logo goza em sua boquinha, o ultimo primo do pau maior está fodendo sua bucetinha ainda e quando vai anunciar seu gozo tira seu pau de dentro dela e goza muito sobre sua barriga.

Eu e a mulher ficamos ali nos beijando e observando o final daquela bela cena de sexo. Após isso ficamos todos ali por alguns minutos sem muitas palavras mais curtindo o clima de êxtase que havíamos acabado de ter, nos levantamos e nossas mulheres por motivos óbvios foram aos banheiros possui dois nas casas, enquanto nós fomos a ducha da piscina e logo já estávamos dentro dela, quando elas descem estamos a beira da piscina tomando alguns drinks enquanto elas rindo e exaustas, ficamos mais um tempo na casa deles e depois fomos embora, ali iniciamos uma amizade com eles onde depois deste dia muito mais farras aconteceram e irei contanto aos poucos.

Hoje já faz 2 anos que estamos na África do Sul somente agora resolvemos compartilhar nossas histórias mas teremos muito mais.

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

Contos de Sexo Relacionados

  • Deu pro rapaz no banco de tras do carro

    Ola, sou casado com a 18 anos. Estamos no meio liberal a quase 16 anos, porém nossas experiências haviam sido com mulheres (ela adora transar com mulheres) e casais principalmente, onde pudesse ocorrer o bi feminino. Pois bem, a aproximadamente dois anos passamos a fantasiar...

  • Ménage com a prima da namorada

    Era verão, o calor estava reinando, muita praia, piscina e pessoas para conhecer... Mas eu tinha namorada, uma baixinha muito gata, gente boa, que eu não queria decepcionar, então não tinha essa de conhecer mulheres. Eu saia, ia na praia, surfava, batia um papo com os...

  • Uma surpresa muito agradável a cinco

    Adoro contos eróticos e vídeos, por isso resolvi relatar esse fato ocorrido comigo. Tenho 28 anos, sou solteira, me considero uma mulher atraente, tenho um bundão lindo, e corpo bem definido. Adoro sexo, gosto de fazer de tudo um pouco, para mim entre quatro paredes não...

  • Uma carona para dois acabou em sexo e troca de casais

    Eu, Helena(*), 28 anos e meu marido Patrick(*) de 36 anos, casados há 6 anos, viajamos de uma cidade do interior  após o feriado de visita aos parentes voltando para cidade onde moramos até hoje. Saímos já no meio da tarde e quando chegou a noite, paramos pra jantar em...

1 comentários para “Gozando os prazeres em uma suruba

Deixe seu comentário