Casa dos Contos Eróticos » Sexo » Fudendo e gozando muito

Fudendo e gozando muito

Tenho 22 anos, sou moreno, 1,83 de altura, corpo meio atlético. E hoje eu vou contar a vez em que eu, e minha ex trepou bem gostoso o dia inteiro com a casa vazia.

Bom, isso aconteceu recentemente quando meus pais saíram de férias e pediram para que eu cuidasse da casa (já que eu ficaria lá).

Não perdi tempo e chamei minha mina pra passar o dia comigo.

Ela conta que antes de mim não tinha ficado com ninguém, nem beijado ela tinha antes nos conhecermos, já eu tinha tido minhas primeiras vezes.

Ela me amava muito, e eu também amava ela, e ela dava sinais de que queria algo mais do que trocar só beijo comigo.

Então não perdi a chance chamei ela pra vir aqui na minha casa e deixei tudo no esquema pra ela ficar bem a vontade. Limpei a casa, o quarto, o banheiro, tomei um banho caprichado e fiquei cheiroso, coloquei uma camisa e uma bermuda pequena que eu tenho (sem vestir cueca mesmo)

Dai quando foi 15h, ela chegou, toda produzida, usando um shortinho jeans e uma blusinha branca e muito cheirosa.

Então, a gente ficou na sala vendo um filme e comendo algumas coisas. Quando eu comecei a provocar ela.

Um dia inteiro de muito gozo

Dando um cafuné, com um beijo bem quente na boca dela, passando minha boca no pescoço dela, junto de um cheiro.

E ela respondeu me agarrando todo, e passando a mão em mim. Naquele momento, confesso que eu já tava bem duro.

Abri as pernas dela, sem tirar a roupa, e comecei a esfregar meu volume na parte da xota dela. Eu lembro que fiquei agarrando firme aquelas coxas enquanto beijava e me esfregava naquele corpo gostoso.

Daí eu falei se ela queria ir para o quarto, era nítido que elas estava nervosa, os olhos dela se arregalou e ela ficou respirando forte.

Peguei a mão dela e subi pro quarto. Quando chegamos, começamos a se beijar mais quente ainda, então tirei minha camisa, e comecei a esfregar a mão dela no meu peitoral e chupar os lábios dela bem de vagar.

Então, tirei short e o sutiã dela e deixei só de blusinha e calcinha. Coloquei ela no meu colo, sentada de costas pra mim, e arreganhei bem as pernas dela e comecei a passar os dedos bem leve naquela calcinha/buceta deliciosa, enquanto dava umas chupadas no pescoço e mordiscadas na na orelha dela.

E comecei a sussurrar no ouvido “como você tá gostosa hoje meu amor. Quero te ver peladinha encima de mim sentando bem gostoso no meu pau”

Ela suspirava muito, e mal conseguia abrir os olhos todos enquanto eu a esfregava e passava minha mão naquele peito lindo e gostoso.

Foi aí que comecei a pegar nas pernas dela e abrir elas, pegando nas coxas e dando um beijos até chegar na virilha, onde eu ficava dando uma chupadinha e uma lambidinha sem tirar a calcinha.

Enquanto apertava os seios dela e dava as chupadinhas perto da buceta, eu resolvi colocar a calcinha dela de lado e vi que ela tava toda meladinha.

Peguei forte e arreganhei mais ainda as coxas dela, e comecei a passar a língua e a minha boca naquela bucetinha lisinha e gostosa.

E chupava aquele grelinho delicioso como se tivesse chupando uma manga, passando minha língua quente e molhada, rodando e chupando todo aqueles lábios, enquanto ela gemia e se recontorcia.

Até que comecei a enfiar meu dedo bem devagar enquanto chupava todo aquele mel.

Eu passava o dedo rodando lá dentro da buceta dela, bem devagar, enquanto segurava uma coxa dela. Ela gozava muito na hora, então achei que estava na hora de eu começar a enfiar meu pau na bucetinha dela.

Meu pai que estava durasso, de ver ela escorrendo daquele jeito. Tirei minha bermuda e comecei a passar a cabecinha naquele grelo delicioso, e comecei a chupar o pescoço dela.

Sem eu começar a enfiar ainda, ela já estava com as pernas tremendo muito, e molhada que parecia um rio.

E eu passava meu pau todo na bucetinha, eu ficava brincando de mergulhar a cabecinha lá dentro, e tirar.

Até que decidi enfiar a metade, essa hora, tive que imobilizar ela, porque ela se recontocia, tremia e vibrava várias vezes. Então, fiquei encima dela bem coladinho com ela enquanto beijava sua boca.

Dessa vez enfiei meu pau pulsando e durasso dentro daquela buceta. Entrou feito manteiga, o hímen dela rompeu na hora. E eu vi que ela sentiu um pouco.

Então parei de meter mas fiquei com o pau lá dentro roçando bem gostoso.

Aí, ela começou a pedir para que eu não parasse, porque estava bom.

Então, comecei a meter em um ritmo de vagar segurando a mão dela, e sentindo aqueles biquinhos duros ralarem no meu abdômen. Comecei a ir mais rápido e ao mesmo tempo dar um cheiro no seu pescoço.

E cada vez eu metia mais rápido e forte.

Até que eu tirei meu pau com uma certa vontade de gozar, e eu vi ela se tremando toda arreganhada e arranhando minhas costas, na hora ela soltou um jatinho fraco da buceta e ficou se reconhecendo e gemendo bastante. Nessa hora não aguentei e derramei minha gala entre a coxa e o quadril dela.

Depois ficamos se beijando, ambos molhados trocando carinho um com o outro, até que fomos juntos pro chuveiro depois de um tempo e transamos mais ainda por lá.

Mas isso fica para um outro dia contando aqui.

  • conto 2 anos atrás
  • Categorias: Sexo

Contos de Sexo Relacionados

  • Trilha na mata acabou em sexo

    Marcamos fazer uma trilha, na roça onde mora meu avô...entramos mata a dentro e éramos em 10. Numa certa altura encontramos uma caverna e resolvemos dar uma descansada pois estávamos andando a mais de 3hrs. A caverna era grande, então enquanto o pessoal preparava um...

  • Vizinha grávida safada

    Olá, me chamo Miguel(*), tenho 26 anos, tenho 1,78 de altura tenho corpo atlético e sou negro. Vou contar o que aconteceu ha 3 anos atrás. Eu tinha uma barraca de acarajé e vendia quase todos os dias, uma noite de sábado eu fui em casa pois tinha esquecido algo.  Minha...

  • Coroa amigo da minha mãe me fudeu gostoso

    Me chamo Polianna(*), tenho 19 anos, sou baixinha, negra de lindos cabelos crespos estilo black. Sou estilo gordinha gostosa, com bunda, pernas grossas e sem barriga. Meu conto é real. Foi a minha primeira vez com um homem bem mais velho. Antes disso só tinha perdido a...

  • Esposa ganha vale night e volta toda fudida para casa

    Eu e minha esposa somos casados a 18 anos, ela tá com 40, eu com 38, temos uma filha, o sexo entro nós sempre foi muito gostoso, mas a dois anos atrás acabei me envolvendo com outra mulher, casada, esposa de um amigo, enfim, um rolo danado, minha esposa acabou me perdoando,...

  • Sexo: Rapidinha no cinema

    Olá, tudo bem? Meu nome é Marcelo, estou passando para deixar o meu relato sexual. Nunca imaginei que pudesse passar por uma situação do tipo, mas para tudo na vida existe uma primeira vez. Minha namorada queria muito assistir o filme que estava em cartaz no cinema, pelos...

  • Masturbando e chupando a sobrinha da esposa

    Tenho 27 anos de casado, amo minha esposa, mas não fazemos mais um sexo como era antes, éramos dois safadinhos, transávamos em todo lugar, até na sala com a mãe dela dormindo, e botava ele pra gozar, ela se apaixonou por mim, mas se apaixonou mais ainda no meu oral, eu...

  • Comi a prima puta da minha ex

    Moro ao lado de uma amiga da minha ex mulher, ela é muito bonita, gostosa mesmo, um rabão, sempre fui ligado nela, mas como estava casado e ainda mais prima dela eu não iria dar em cima, mas coincidentemente ela veio morar do meu lado, demorei um tempo pra falar com ela,...

  • Papai me comeu

    Papai me comeu...Hoje vou contar o dia que fui comida pelo meu papai. Sempre fui muito safada, comecei assistir porno desde novinha quando vinha passar as férias na cidade na casa da minha mãe e o meu padastro. Mas quando voltava pro interior me masturbava escondida do meu...

  • A praia mais gostosa com sexo em público

    O relato que farei a vocês foi a experiência mais maravilhosa que eu tive na praia com o meu namorado! E ele, é muito gostoso, tem uma pegada que ao mesmo tempo é selvagem, bruta, mas carinhosa, com amor sabe? Alguns anos atrás, ele me presenteou com uma viagem...próximo...

  • Dando o cuzinho para o médico

    Nessa pandemia tá difícil demais eu numa seca terrível doida pra fuder gostoso, sou branquinha 1.60, raba grande, seios médios noiva de um trepador que não come cu de jeito nenhum, eu sonhando em dar meu rabino, já pedi e meu noivo não aceita. Enfim comecei a trabalhar...

Deixe seu comentário