Casa dos Contos Eróticos » Corno » Me tornei corninho manso e minha linda amou cacete do garotão

Me tornei corninho manso e minha linda amou cacete do garotão

2 votes

Pessoal, hoje quero contar uma coisa que aconteceu comigo, não posso negar meu desejo de ver uma namorada minha sendo comida por outro, todas que tive, me masturbava pensando em outros machos dotados metendo nelas, fazendo elas terem muito prazer. Mas a que tenho, é um mel, novinha, novinha mesmo a cachorrinha, e essa me despertava mais vontade, porque assim, ela é gata, mas muito gata, branquinha, ela tem um rabo empinadinho, uma bunda bem redonda, e uma buceta que até mulher sentiria vontade de chupar, imagina um macho sedento então, minha vontade de ver ela mamando, fudendo, sentando num dotado, começou a se tornar insaciável, mas não sabia como dizer isso a ela, e pensava que ia ter muito ciúmes, uma gata e gostosa minha, sendo comida por outro macho, ver o macho consumindo ela, ao mesmo tempo que sentia tesão, sentia ciúmes, mas a vontade era maior.

Então, aos poucos comecei provocar, dei um brinquedo pra ela, usei nela, de uns 15 cm, ela amooooou, depois de um tempo ela se encorajou, falou na brincadeira, mas senti que era sério, que queria um maior, e aí me despertou, dei um cacetão gigante, ela se fez no início, mas logo depois começou amar, e brindar com a rola de 20cm grossa, admito que senti inveja no brinquedão com meu pau pequeno, porque ela ama que vá profundamente. A partir dali a vontade de ser corno só aumentava.

Novinha safada e garotão

Certo dia na foda, me encorajei, no meio do tesão, e disse, imagina dois cacetes dentro de você, um bem grandão, ela gemeu gostoso ao ouvir, e comecei a mostrar pornô de 2 machos fudendo 1 mulher, e dizer que imaginava ela numa cena daquelas, e ela começou me chamar de tarado e notar a vontade, no decorrer começamos a ver pornôs juntos, e ela não podia ver um pauzão no vídeo, que já dizia, que interessante, e a buceta já babava todinha, ela ficava meio gostando e meio escapando da ideia de foder com mais um, mas as vezes chegava dizer, eu quero, contrata mais 2 machos vai, mas eu vou querer toda semana meu amor, e eu ouvindo feito um corno manso que gosta, a partir dali comecei a provocar mais.

Numa data especial criei coragem, contratei uma garotão de programa com uma rola de 22cm e bem grossa, sabia que ia arregaçar ela, mas eu tinha esse fetiche, já que com o meu não dava pra fazer isso, isso foi numa data comemorativa, então peguei e falei que lhe faria uma surpresa, eu estava com medo de dar errado, mas me encorajei, o garotão esperou no motel, levei ela naquele dia, ainda na garagem do motel eu vendei ela, pra primeiro sentir prazer e depois ver, para assim se acostumar com a situação, não queria assustar ela de cara, entremos e lá estava o macho alfa a esperar, corpo malhado e uma rola dos vossos que víamos, mandei ela ajoelhar, e pedi baixinho pra ele botar ela pra mamar direto, ele disse no meu ouvido, que gata hein, eu com ciúmes mas com tesão, assim ele colocou aquela benga na boca linda da novinha.

Ela começou a mamar com vontade, e sem questionar, chegava gemer enquanto mamava, saboreando, a aquela altura tinha certeza que era outro, mas ela mamava insaciável, vi que tava amando a rola gigante, babou todinha, e aquele machão amando aquilo, nisso cheguei no ouvidinho e disse, ta gostando minha cachorra? E ela falou, seu cachorro, você fez isso é? Botou um macho aqui pra me comer é, eu sabia que era teu sonho, e meu também, ironicamente, eu disse: ahammm, sabia que tu ia amar, e ela, to amando mesmo, bem interessante, posso ver nosso amigo?

Tirei a venda dela, ela disse, quando viu, uauuuuuuuuu, o que é isso, olhando para o pau do garotão, se apaixonou, e caiu de boca de novo, aí começou a se entregar, levantou e ele começou a tirar a roupa dela, e quando menos espero, um beijão na boca dele, morri de ciúmes, ela fazia isso enquanto acariciava aquela pauzão, que cena, aí começaram a se acariciar, e falar entre eles, aí o macho começou a chupar ela, e ela gemendo desesperada de tesão, até que no auge do tesão ela gritou olhando pra mim, seu cornoooo, e eu gozei na hora, e ela também, se retorcendo todinha.

O machão com aquela rola latejando, foi logo colocar naquela bucetinha, aí ela começou q reinar, gemer, ela não tava acostumada com rola de verdade daquela tamanho, e o ousado deu uma socada só, ela gritou de dor, mas logo após, sentiu um tesão desesperado, e ele por cima, ela de 4 e ele comendo ela sem parar, bem pegado, um tesão, eu ja tinha gozado duas vezes vendo ela gemer como nunca, aí ele deitou e ela foi por cima, sentar naquela coisa grossa, ela mexeu valendo, gemendo, chamando o macho de gostoso, de tesão, dizendo que aquilo sim era macho, e que ia querer sempre aquilo, me olhava e dizia, a culpa é tua se eu viciar nessa rola enorme, e eu só assistindo e masturbando com aquele pornô ao vivo da minha própria namorada, com um legítimo ator porno, com aquela rola gigante e corpo malhado.

Foi um tesão só, só para constar, rolou muita coisa, conto no próximo conto, pois até o cuzinho virgem dela, ele arregaçou, no meio de tudo ela mesmo pediu se eu deixava, e no meio do tesão eu deixei, e esse roludo comeu o cuzinho da minha putinha, ela amooou, gritou, gemeu, e mais, era pra ser 2 horas, mas rolou 4 horas de sexo.

Contos de Sexo Relacionados

  • Corno 2 meses atrás

    Até que em fim corno

    Ola!  Tenho 40 anos, sou casado a 10 anos com uma mulher que tem 27 anos, ela é linda morena, seios fartos, bumbum delicioso, nós nos damos muito bem, não temos filhos, somos muito apegados, temos uma vida conjugal...

    LER CONTO
  • Corno 3 semanas atrás

    Gostei da maneira como virei corno manso

    Depois da primeira vez que eu vi minha esposa fodendo com um negão e adorando, eu resolvi ser corno, mas sem ela saber que eu sabia. Com certeza ela iria foder com outros sem eu saber mesmo...mas eu queria ter o...

    LER CONTO

Deixe seu comentário