Casa dos Contos Eróticos » Sexo a três » Aventura deliciosa a três

Aventura deliciosa a três

0 votes

Olá!!!  Realizei o sonho de muitos, comi a filha e a mãe gostosa dela ao mesmo tempo. Isso é uma coisa que só pensei ver em filme pornô, mas acabei numa situação dessas e foi uma delícia. Primeiro conheci a filha,  uma morena deliciosa, cabelos longos, seios médios bem gostosos, bunda empinadinha, um tesão de mulher. Ela tinha 19 anos na época, e desde o começo se mostrou bem safadinha, me dizendo que curtia muito sexo, e não dispensava uma boa putaria.

Como homem, confesso que fiquei bem interessado nela, e a gente passou a sair. No primeiro encontro fui numa pizzaria com ela, e a safadinha topou ir no motel. A trepada foi uma delícia, nunca imaginei que uma mulher de 19 anos tivesse tanta experiência no sexo, porque a surra de buceta que ela me deu, nunca levei de ninguém antes disso.

Enfim, comecei a comer a safada, ela sempre foi bem louquinha, em um de nossos encontros, fui busca-la na faculdade, e ela entrou no meu carro no estacionamento, me deu um beijo na boca e começou a pegar no meu pau. Fiquei duro na hora, ela começou a lamber minhas bolas e a cabeça da minha rola, eu fiquei latejando, morrendo de vontade de enfiar meu pau nela inteirinha e botar ela pra gemer de tesão, mas ali no estacionamento nem rolava, então ela perguntou se eu queria ir para a casa dela, que a mãe dela era bem liberal e até mais safada que ela.

No caminho ela foi contando sobre a mãe, que teve ela muito cedo, e parecia mais irmã dela, segundo as pessoas na rua. Ela também disse que a mãe frequenta a academia com ela, e já ficou com alguns amigos que ela tem, e depois de ouvir tudo isso, tive certeza que a coroa era uma puta do caralho, mesmo sem conhecê-la ainda. Chegamos na casa dela, a safadinha foi tomar uma ducha e me deixou no quarto dela esperando. Enquanto ela não voltava, comecei a tirar as roupas, deitei na cama e fiquei na punheta, já aquecendo minha piroca.

Transei com a filha e sua mãe gostosona

Logo minha namorada aparece toda linda e cheirosa, só de toalha. Puxei a toalha, puxei ela para o meu colo, dei um beijo na sua boca gostosa, fui descendo pelo pescoço, colo, cheguei nos seus seios durinhos e já fui me adiantando. Primeiro coloquei um na boca enquanto massageava o outro, e vi essa gostosa ficar toda arrepiada, arquear o corpo e começar a gemer bem safadinha. Mamei naqueles peitos, me acabei, deixei até a marca dos meus chupões pra essa putinha saber quem era o macho dela.

Fui descendo a boca e passando a língua por sua barriga, alcancei sua bucetinha, senti o cheiro gostoso que vinha dela, cheiro de fêmea excitada, do jeito que eu gosto. Passei a tocar sua bucetinha com os dedos, só pra ver o quanto ela tava molhadinha. Ela abriu as pernas e gemeu gostoso enquanto eu estimulava seu clitóris com a língua, e enfiava um dedo lá dentro.

-Aaaaiii que delícia! chupa gostoso, sua boca é tão gostosa!

Essa putinha falou tanta putaria, que pensei que eu fosse gozar só de ouvir aquela voz doce pedindo pra eu enfiar a língua na sua buceta, e falando que tava louca pra sentir meu pau dentro dela. Foi foda! tive que me segurar pra não abrir as pernas dela e comer logo sua buceta. Chupei devagar, fui deixando ela mais molhadinha, pedi pra vadia empinar na beiradinha da cama, abri sua bundinha gostosa e me deliciei enfiando a língua no seu cuzinho maravilhoso.

Nessa hora o cu dela piscou e a putinha começou a gemer cada vez mais alto, e foi aí que a mãe dela apareceu de supetão no quarto. Tomei até um susto, só não broxei porque a mãe dela realmente é gostosa e apareceu de camisola no quarto. Ela pediu desculpas, disse pra filha gemer mais baixo e começou a rir. Nessa hora, a minha namorada chamou ela para participar, e confesso que fiquei muito nervoso e meio assustado, quem não ficaria numa situação dessas?

Ela disse para a mãe, que ela tinha que provar meu pau, que era bem gostoso, e a coroa fez cara de safada, disse que tava a fim de provar e veio me chupar enquanto a filha pediu pra eu continuar mamando na bucetinha e lambendo o cuzinho dela. Continuei chupando com dificuldade em me concentrar, porque a coroa chupava gostoso demais. Ela abocanhava meu pau e minhas boas, sugava gostoso, passava a língua e me deixava mais excitado.

-Você tem razão, esse pau é uma delícia filha!

E continuou chupando, chupando até que não aguentei, fiz a cachorra abrir a bunda com as mãos, botei ela pra empinar gostoso e bombei na sua bucetinha deliciosa. A mãe dela disse que também queria, ficou de quatro ao lado dela e fiquei me revezando, metia um pouco em uma e um pouco na outra, o que me ajudava a controlar o ritmo e não gozar logo.

Foi putaria a noite inteira, eu tava pingando de suor e elas também. Comi o cu da coroa enquanto masturbava a filha dela, deixei aquele cuzão gostoso todo arregaçado de tanto meter o pau. Foi uma delícia, fiquei gemendo junto com as safadas e logo botei a mãe pra sentar no meu colo de costas pra mim, pra eu ter a visão deliciosa daquela bunda grande quicando no meu pau.

Ela quicou bem gostoso, rebolou, gemeu, pulou na minha pica e até me machucou, mas logo eu gozei gostoso e enchi a cara das duas com minha porra quente e grossa. Essa experiência foi a mais louca da minha vida. Depois descobri que a mãe dela era casada e só fazia esse tipo de putaria quando o marido passava um tempo fora. Foi muito bom!

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário