Casa dos Contos Eróticos » Incesto » Comi o cuzinho da minha prima gostosa

Comi o cuzinho da minha prima gostosa

0 votes

Isso aconteceu recentemente. Tenho 50 anos, minha prima tem 30. Nós não nos víamos tinha uns 20 anos, nos reencontramos devido problemas de saúde de um parente nosso. Quando a vi fiquei doido pra come-la, pois ela estava muito gostosa.

Ela é baixinha, 1,60m cabelo preto comprido, pernas grossas de academia, seios de médios pra grande, mas firmes, uma bunda maravilhosa, bem redonda. Ela me disse que frequentava academia todos os dias. Ficamos conversando um bom tempo, ela me contou que tinha uma paixãozinha por mim quando jovens.

Comi o cuzinho gostoso da prima

Dias depois ela veio me visitar, minha esposa estava trabalhando e eu de folga, assim que ela entrou não resisti e dei um beijo em sua boca, ela correspondeu. Peguei em sua mão e a levei pra sala, continuei o beijo e já tirei sua blusa, ela facilitava minhas investidas, cai de boca nos seus seios que eram maravilhosos, grandes mas bem firmes, tirei sua saia e a calcinha, que estava encharcada. Deitei ela no sofá e abri suas pernas e comecei a chutar sua bocetinha, que é pequena e depiladinha, ela tremia seu corpo todo e ficou toda arrepiada.

Ela gemia deliciosamente, e cravada suas unhas no meu ombro. Eu lambia seu grelinho e descia até seu cuzinho e subia novamente, ate que ela gozou enlouquecida, eu continuei até que ela gostou mais uma vez até que seu corpo ficou solto no sofá. Eu me levantei tirei minha bermuda, meu pau estava explodindo de duro.

Aproximei meu corpo do rosto dela, que pegou no meu pau e passou a beijar a cabeça, lambeu entorno e engoliu ele todo, ficou nesse movimento de vai e vem bem devagar, até que passou a me punhetar bem forte enquanto sugava a cabeça da minha rola, engolia tudo e voltava a punhetar até que eu não resisti e enchi sua boca de porra. Ela se limpou e voltou a chupar meu pau sem deixar ele amolecer. Quando já estava bem duro de novo ela pediu pra eu meter nela, e eu obedeci. Abri suas pernas e coloquei meu pau na entrada da sua buceta, que entrou muito fácil pois ela estava encharcada, passei a meter devagar e fui acelerando até socar com força.

Ela gemia alto e pedia pra não parar. Eu disse “eu sabia que vc estava louca pela rola do primo agora aguenta tudo”. Eu socava forte e ela dizia que sempre quis ser minha putinha, que ia dar pra mim sempre que eu quiser. Tirei meu pau da buceta dela, coloquei na boca dela, bombei um pouco, tirei de sua boca, abaixei chupei mais um pouco sua bocetinha, meti a rola de novo.

Repeti isso várias vezes, metia na buceta, na boca, chupava ela, até que ela gozou enquanto eu metia na sua bocetinha. Eu a virei de quatro, apoiada no encosto do sofá, e meti novamente na bucetinha encharcada dela, enquanto brincava com meu dedo no cuzinho dela. Quando seu cu já estava melado com seu líquido tirei meu pau da buceta e coloquei na entrada do cuzinho, ela pediu pra ir devagar pois não estava acostumada já que seu marido não curtia anal.

Fui empurrando devagar, até que entrou tudo, então eu parei pra ela se acostumar. Quando ela relaxou eu comecei a bombar, devagar no início, mas fui acelerando até estar socando com violência no seu rabo apertado e guloso, até que minha pica já estava esfolada. Quando percebi que ela estava gozando de novo, senti seu cu piscar apertando meu pau tanto que eu não resisti e enchi seu cuzinho de leite, enquanto eu dizia “você queria a rola do primo toda dentro do seu rabo né.” Ela respondeu que já tinha até sonhado com isso e já tinha se masturbo pensando em mim.

Fiquei um tempo parado atrás dela até minha rola amolecer dentro do cuzinho que já estava bem vermelho de tanto que bombei. Tirei meu pau, fiquei olhando o meu leite escorrendo de dentro do cu pra sua bocetinha. Sentei ao seu lado e ficamos abraçados por um tempo, enquanto ela brincava com minha rola, até que ficou duro novamente, aí começamos tudo de novo.

Não vejo a hora de nós repetirmos nossa foda, sempre falamos pularia pelo telefone, mas ainda não rolou.

  • conto 8 meses atrás
  • Categorias: Incesto

Contos de Sexo Relacionados

  • Incesto 1 ano atrás

    Como eu comi minha avó

    Hoje já sou coroa, mas os anos não me fazem esquecer como eu transei com minha avó. Eu era jovem, 19 anos, minha avó, devia ter uns 60 anos, era uma coroa vistosa, pernas bonitas e seios ainda duros. Ela era...

    LER CONTO
  • Incesto 10 meses atrás

    Os pés da minha irmã me dão tesão

    Desde que a minha irmã soube do meu fetiche por pés que permitiu que eu fotografasse os pés dela, os lambesse e chupasse. Francamente não posso dizer que fossem os pés com o formato que mais me excitava,...

    LER CONTO
  • Incesto 1 ano atrás

    Transando com a tia

    Esse fato que vou contar para vocês aconteceu já faz alguns meses e só agora decidi escrever aqui no site. Espero que gostem, se divirtam e gozem bastante com a história. Ela, uma mulher madura, resolvida...

    LER CONTO
  • Incesto 2 anos atrás

    Consegui comer minha irmã mais nova

    Olá me chamo Pedro (*) tenho 29 anos, 1,75, 80kg bem distribuídos e não vou dar muitos detalhes pq quero ficar no anonimato... Minha irmã a Flávia(*) tem 20 aninhos, magrinha e pequena mas ela é a uma perfeição...

    LER CONTO
  • Incesto 9 meses atrás

    Dei pra meu primo no sítio

    Estou namorando há 3 anos  e sempre tiramos férias juntos para poder curtir bastante. Esse ano não deu e resolvi ir sozinha. Tenho um tio que mora em um sitio no interior do estado, era uma ótima opção. Liguei...

    LER CONTO
  • Incesto 2 meses atrás

    Minha filha virou minha amante

    Minha mulher morreu cedo e fiquei com uma filha. Ela apesar de ser uma jovem tinha um corpo de mulher. Tinha uma bundinha arrebitada e os seis pequenos e durinhos. Ela gostava de andar a vontade com um shortinho e uma...

    LER CONTO

Deixe seu comentário