Casa dos Contos Eróticos » Incesto » Primo safadinho me ensinando tudo

Primo safadinho me ensinando tudo

0 votes

Tenho namorado, mas toda vez que vou passar uns dias na casa da minha tia ele vem com todo aquele charme pra cima de mim, um vez ele ficou me fazendo massagem, do pé até o cabelo, eu relaxei muito e aí quando eu menos percebo ele estava massageando meus seios, minha bunda, teve um dia que eu dormi e ele tava massageando minha buceta, não vou negar, estava gostoso, eu até fingi mais que estava dormindo, mas lembrei que tinha namorado e acordei, ele é um gato, tem muitas meninas aos seus pés, que querem dar pra ele, um dia ele me disse:

– Aproveita prima, ninguém vai saber se a gente ficar, eu tenho um desejo de te comer, você também deve ter de sentar em cima do meu pau e galopar!

E eu disse a ele:

– Eu não vou negar que você é um cara atraente, garanhão, mesmo sendo meu primo, eu sinto tesão em você, mas eu namoro, como que vou transar com outra pessoa?

Ele disse:

– Ué, acabei de falar que por mim ninguém ninguém vai saber!

Dessa vez eu vou pra lá brigada com meu namorado, estou decidida, chegar lá vou dar pra o gostoso do meu primo, tô indo tão feliz que nem tô acreditando, estou falando isso por que vai ser sem culpa, pois nós brigamos e não será traição, vai ser uma coisa que fiz por raiva, por que estávamos brigados!

Cheguei lá e ele não estava, fiquei triste pois foram duas horas e meia de ônibus, ele tinha ido pra alguma viagem, minha tia nem sabia onde era a viagem, pois eu postei que estava na casa dele, tirei uma foto bem linda, postei nos status do zap, mas só deixei pra ele ver, escrevi n legenda assim: Na casa da tia! Na hora ele me mandou msg, ele disse:

– Não acredito que você tá aí, vai ficar até quando?

E eu falei:

– Não sei, mas acho que amanhã já vou, que pena que você não tá aqui, estou brigada com o meu namorado!

Falei isso, ele leu leu e sumiu, fique sem entender, já estava meio pra baixo, pois briguei na intenção de ir lá pra transar com meu primo, mas ele não estava em casa, e eu não sei que dia que eu ia lá com essa intenção taí forte!

Ele apareceu, respondeu minha mensagem, eu já estava deitada pra dormir, ele disse:

– Só me diz uma coisa, se eu estivesse aí a gente ia transar?

E eu disse:

– Talvez sim, já que estou brigada com o meu namorado, ia depender dos seus carinhos!

Ele disse: .

– Tá certo!

E sumiu novamente, eu fui assistir um filme, mas no meio do filme fiquei com tesão, e aí comecei a me tocar, eu tirei a calcinha e estava passando a mão na buceta, imaginando meu primo me comendo, quando eu menos espero sinto uma boca na minha buceta, me chupando, quando eu olho era meu primo, já tá a com a boca lá, ele disse:

– Hoje você não me escapa!

E veio pra cima, começou a me beijar na boca, beijar meu pescoço, as mãos dele tocando todo meu corpo, estávamos no vuco, vuco, e eu disse:

– De onde você surgiu?

Ele me disse:

– Eu estava aqui na cidade vizinha, mas quando você me disse que estava na minha casa eu não tive dúvidas, corri para vir te comer!

Eu fiquei passada como ele tinha sido tão rápido, eu só fiz aproveitar o momento com muito tesão, muito roça, roça, esfrega, esfrega, e ele fez tudo o que eu queria, fez até mais, me chupou até eu gozar, nessa hora ele disse:

– Prima, como é bom estar aqui com a boca na sua buceta, olhando para ela, queria tanto ver como ela era e agora estou chupando, metendo os dedos, ela é toda minha!

E eu claro que também chupei aquela rola dele, grande, grossa e dura, e depois ele meteu em mim, foi a melhor sensação, como eu perdi tempo sem transar com ele, ele trepa melhor que meu namorado mil vezes, eu só queria tá ali todo dia pra ele me comer!

Passamos a noite toda na putaria, só no trepa, trepa, ele me comendo gostoso, chupando meus seios, me beijando, como ele é carinhoso e atencioso, não me deixou descansar um minuto, esse é bom de cama!

No outro dia acordamos pelados e abraçados ele disse:

– Prima, você vai ficar vindo aqui pra gente transar? Você sabe que pode vir direto, que o que rolou hoje foi só a palhinha, eu quero fazer mais posições, quero comer seu cu ainda, eu vou te ensinar tudo que tem no sexo, vamos fazer um amor safado, um sexo sem limites, sabe que nós somos primos, e não temos que ter vergonha da putaria, eu sou louco por você, faz tempo, e hoje eu te comendo estou muito feliz, o tesão por você é maior que todas!

Ele falava isso e chupava minha buceta, sugava, metia a língua os dedos, ele queria me deixar louca por ele, e conseguiu, gozei na boca dele e fomos tomar café, a tia foi trabalhar e passamos o dia trancados no quarto, transando, transando, nós não cansávamos, queriamos aproveitar casa minuto!

Dormimos e acordamos de conchinha, eu já ia embora, então fodemos pela última vez e fui embora, mas tava tão relaxada, bem transada, que fui feliz, chegando na minha casa está lá meu namorado, pediu desculpas e veio pra me comer, abriu as calças e ia enfiando a rola na minha buceta, eu disse:

– Pera aí, você acha que é só assim?

E ele disse:

– Não entendi, você quer mais o que?

Então enfiei a cara dele na minha buceta e disse:

– Vai chupar aí bem chupadinho, a partir de hoje só mete se chupar antes!

E assim já cheguei gozando na boca dele, depois gozei na rola. Passaram-se alguns dias e fui de novo na casa da minha tia, saudades do povo de lá, na verdade fui dar o cu, foi tão bom, se eu pudesse morava aqui, iria ter dois machos pra me comer!

Contos de Sexo Relacionados

  • Incesto 3 anos atrás

    Transando com a tia

    Esse fato que vou contar para vocês aconteceu já faz alguns meses e só agora decidi escrever aqui no site. Espero que gostem, se divirtam e gozem bastante com a história. Ela, uma mulher madura, resolvida...

    LER CONTO
  • Buceta 2 anos atrás

    Madrasta safadinha

    Me chamo Caio, tenho 30 anos, sou filho único do meu pai que tem o dobro da minha idade. Letícia também tem 30 anos, estudamos juntos no colégio, há uns dois anos ela havia se tornado minha madrasta. Papai sempre...

    LER CONTO
  • Incesto 2 anos atrás

    Minha filha virou minha amante

    Minha mulher morreu cedo e fiquei com uma filha. Ela apesar de ser uma jovem tinha um corpo de mulher. Tinha uma bundinha arrebitada e os seis pequenos e durinhos. Ela gostava de andar a vontade com um shortinho e uma...

    LER CONTO
  • Incesto 2 anos atrás

    Os pés da minha irmã me dão tesão

    Desde que a minha irmã soube do meu fetiche por pés que permitiu que eu fotografasse os pés dela, os lambesse e chupasse. Francamente não posso dizer que fossem os pés com o formato que mais me excitava,...

    LER CONTO
  • Incesto 3 anos atrás

    Como eu comi minha avó

    Hoje já sou coroa, mas os anos não me fazem esquecer como eu transei com minha avó. Eu era jovem, 19 anos, minha avó, devia ter uns 60 anos, era uma coroa vistosa, pernas bonitas e seios ainda duros. Ela era...

    LER CONTO
  • Incesto 2 anos atrás

    Dei pra meu primo no sítio

    Estou namorando há 3 anos  e sempre tiramos férias juntos para poder curtir bastante. Esse ano não deu e resolvi ir sozinha. Tenho um tio que mora em um sitio no interior do estado, era uma ótima opção. Liguei...

    LER CONTO
  • Fetiche 10 meses atrás

    Cunhada gostosa meu deu a buceta

    Confesso que fiz o que pude pra resistir a tentação mas fui fraco e transei com a mulher do meu irmão. Meu irmão mais velho casou-se com uma garota deliciosa de 22 anos de idade. Eu moro próximo a eles, e estava...

    LER CONTO
  • Incesto 11 meses atrás

    Comi o cuzinho da minha prima gostosa

    Isso aconteceu recentemente. Tenho 50 anos, minha prima tem 30. Nós não nos víamos tinha uns 20 anos, nos reencontramos devido problemas de saúde de um parente nosso. Quando a vi fiquei doido pra come-la, pois ela...

    LER CONTO

Deixe seu comentário