Casa dos Contos Eróticos » Heterossexual » Comi a colega de trabalho no carro

Comi a colega de trabalho no carro

Trabalho em uma empresa e sempre tive tesão pelas minhas colegas de trabalho, inclusive já tive vários relacionamentos aqui, mas entre muitos sempre tem os que mais marcam, seja pela mulher ou pela sexo…

Faz uns 3 anos que uma colega muito gostosa me tirava do sério, ela tinha pernas grossas, bunda grande e um rostinho lindo, acho que ela sabia o quanto era gostosa, pois sempre que passava parecia que provocava qualquer um. Eu fui me aproximando dela, fomos conversando e ficando mais próximos.

Depois de um tempo ela foi transferida para outra unidade e sempre que podia eu ia visita-la. Muitas vezes ela acaba ficando sozinha, pois os outros funcionários saiam para trabalho externo… certo dia nós estávamos conversando e eu olhando aquela corpo, cheio de tesão, foi quando ela passou por mim na porta, fiz até questão de ficar na entrada, para ela ter que se esfregar em mim… quando ela foi passar, parou na minha frente, foi quando lhe dei um beijo na boca… ela saiu disfarçada, mas não disse que não gostou…

Depois de muito conversar sempre que ficava sozinha, eu ia até ela e eu sempre ficava com tesão perto dela, foi quando ela começou a perceber, até porque eu não disfarçava mais.

Desejei e comi a colega de trabalho

Uma vez ela estava sentada do meu lado na cozinha, eu ficava passando a mão nas suas pernas, meu pau já estava duro feito rocha, foi quando ela viu e pediu o que era aquilo (dando risada), então eu disse que se ela quisesse podia pegar… então ela ficou passando a mão… como minha calça era rasgada, tirei o pau para fora da cueca e mostrei a cabeça pelo buraco da calça… e foi assim dali em diante, sempre que me encontrava com ela, já tirava o pau para fora…

Em uma dessas vezes ela me fez gozar no banheiro com uma punheta muito gostosa… mas não tinha jeito de transar com ela, pois ali era muito arriscado.

Depois de algum tempo, eu tinha que ir até uma cidade vizinha buscar algo para a empresa e ela também pegava alguns materiais nesse local, foi então que eu planejei tudo… Marquei a viagem no mesmo dia que estava marcado para ela ir buscar as coisa dela., dei um jeito de ela ficar sabendo que também ia, então nos planejamos, mas tudo sem intenção (pelo menos não dei a entender para não assustar ela).

No caminho ela ia agarrada no meu pau, quase todo tempo… chegamos no local, fizemos tudo que precisava e na volta, mudei o caminho, peguei uma estradinha de interior, onde já conhecia e em um lugar mais deserto, entrei com o carro em uma plantação… ali comecei a beijar ela, propus de irmos para os bancos de trás… mesmo se fazendo de “difícil”, ela concordou. La, eu já de pau duro, abri a calça e fiz ela agarrar ele, então peguei ela no colo, de frente para mim e fiz ela rebolar em cima dele, ainda com roupas…

Ergui a blusa dela e comecei a chupar os seios dela, abri a calça e com as duas mãos por dentro agarrei a bunda dela, no mesmo momento, joguei ela no banco e com as mãos na bunda, já puxei a calça e a calcinha para baixo, foi quando vi a bucetinha dela, rosadinha e pequena… Nem tirei a calça dela, já coloquei meu pau dentro dela… nossa, foi uma sensação indescritível, bucetinha apertada e muito molhada, suas coxas e bunda me deixavam com mais tesão ainda… não queria gozar nunca, só para ficar metendo aquela bucetinha gostosa… eu metia com muita força, enquanto a beijava e olhava nos olhos dela.

Por algumas vezes tive até que parar para não gozar muito rápido… mas era tanto tesão que depois de algum pedi para gozar dentro dela e ela aceitou… fiquei olhando para o rostinho dela enquanto enchia a buceta de porra… depois nos vestimos e no caminho ela me disse que eu era o segundo cara que transava com ela… até hoje conversamos, mas nunca mais transamos… uma pena, pois foi uma das melhores transas.

Contos de Sexo Relacionados

  • Meu professor me fez uma verdadeira putinha

    Olá! Sou morena, tatuada e cacheada de 1,50 cm de altura, com quadril e coxas maravilhosas além de uma deliciosa bunda grande. Curso o segundo período de matemática. Em minha faculdade um professor substituto esta lecionando geometria analítica. Ele é um homem alto,...

  • Realizando meus desejos sexuais

    Olá, tenho 23 anos, sou deficiente visual. Como toda mulher tenho minhas fantasias sexual, mais devido a minha deficiência fica mais difícil mais não impossível. E isso se comprovou alguns mês atrás. Sou mulher mais tive poucos homens em minha vida. Já a bastante tempo...

  • Vontade de dar a bucetinha

    Olá. Adoro contos e vídeos eróticos, por isso resolvi falar de como foi minha primeira vez. Na época tinha 18 anos e todas as vezes que eu ia namorar sentia minha xoxota arder de tesão. Tinha uma vontade louca de experimentar. Um belo sábado saímos para dar um rolê,...

  • Sexo com minha gerente

    Boa Noite. Tenha uma namorada, e na época eu já namorava ela. Tenho 25 anos, 1,82 de altura e 85 quilos. Quando eu entrei pra trabalhar nessa empresa a gerente do Rh da empresa já despertou uma coisa muito gostosa em mim, ela era linda. Alta, pele branquinha, peitos grandes,...

  • Transei com um pau amigo

    Olá, irei contar sobre a minha primeira vez com meu P.A (Pau amigo) Tenho 25 anos, mulata, olhos castanhos claros, cabelo cacheado, corpo mediano, cochas grossas, seios médios, cintura fina... Sou muito tímida e romantizo muito, e raramente faço coisas por impulso, ou sexo...

  • Realizei o sonho de comer a prima da minha namorada

    Tudo começou quando fomos dormir na casa da prima da minha ate então namorada, uma branquinha de cabelo preto linda deliciosa tudo do tamanho certo. Chegamos lá ela estava com um amigo hoje esposo, conversa vai conversa vem, bebidas risadas, eu e minha namorada fomos para...

  • Uma noite de surpresa, gozo e prazer!

    Oi pessoal! Agora vou relatar uma transa que tive ainda na época da faculdade, uma foda daquelas que fica na sua memória para o resto da vida. Na época eu tinha 21 anos e estava de rolo com uma garota que morava na cidade onde eu estudava, mas fazia faculdade em uma cidade...

  • Trai meu marido pois ele não dava conta

    Sou casada há cinco anos. No inicio do nosso casamento, até que ia tudo bem. Apesar que meu marido nunca foi muito ativo sexualmente.. O tempo foi passando e nossa relação foi esfriando. Meu marido saia do trabalho as seis horas, ficava no bar até as 8,9 horas da noite. ...

Deixe seu comentário