Casa dos Contos Eróticos » Fetiche » Dei pra todo mundo na festa

Dei pra todo mundo na festa

Em uma festa popular de uma cidade eu fiquei com um rapaz, quer dizer, fiquei com mais de um, com todos rolou uns amassos bons, mas não fiz sexo, teve até um que me fez gozar na mão, amei aquela masturbação, os dedos dele eram grandes e parecia um pau, ele até enfiou também no meu cu, mas tudo isso no escurinho ao lado de um carro, tudo muito rápido e discreto, quando vinha alguém fingíamos que estávamos só nos beijando e abraçando, mas a mão dele estava lá me fazendo aquele carinho a mais!

Fiz sexo com vários depois da festa

O outro que fiquei só foi beijo, com esse passei o restante da noite, e de casal, com direito a mãozinha dada e tudo, mas teve um em especial, esse era de outro estado, um galego alto e bonito, aparência de boa vida, estava com outros homens também na mesma pegada, aquele grupo que enchia os olhos, mas ele que veio atrás de mim quando fui ao banheiro, nos beijamos rapidamente, pois eu já estava com aquele de casal, e aí pegou meu número de telefone, eu nunca imaginei que ele fosse me ligar, falei que não era dali, que na segunda-feira eu iria estar na minha cidade ele disse:

– Estou hospedado na mesma cidade que você mora, vim resolver algumas coisas da empresa que temos por lá e um amigo disse que essa festa era boa, muita mulher bonita, ele não mentiu, e a mais bonita é você!

Fiquei lisonjeada, dei meu número e pensei que seria a última vez que fosse o ver, ele me perguntou se o cara era meu namorado e eu disse que não, só estava ficando, ele lamentou por não ter chegado antes, me deu mais um beijo com pegada e seguiu para onde os magos estavam.

Eu fiquei com muito tesão nele, mas fui ficar com aquele que eu estava ficando, que por sinal, no final da festa não deixou a desejar, me chupou dentro do carro dele, enquanto um amigo dirigia para me levar pra casa, e foi só isso, só fez um oral até eu gozar na boca dele, e eu vi bem o amigo curiando pelo espelho, isso me dava mais tesão!

Na segunda recebo uma ligação, era o galego lindo, minha buceta molhou na hora, ele disse:

– Minha linda, quero te ver hoje, posso?

E eu respondi:

– Poxa, pensei que você não iria ligar, você tem palavra mesmo, hein?

Ele disse:

– Como que eu não ia te ligar, se estou pensando em você todos os dias!

E eu disse:

– Nossa, fiquei muito feliz em ouvir sua voz, claro que podemos sair, vamos marcar tudo direitinho!

Eu falei a ele onde ele me pegaria, e o horário, fui correndo ficar mais linda e cheirosa pra ele não me esquecer jamais, sempre lembrar de mim. No lugar e horário marcado ele chegou, o carro era lindo demais, e ele dentro era mais lindo ainda, aquele homem fortinho, camisa polo, cabelos soltinhos, e aí ele me vê, desce do carro e vai abrir a porta pra mim, eu estava muito linda e cheirosa, ele me abraçou, e me deu um beijo na boca, passamos uns segundos nos beijando, ele me encostou no carro, ele disse:

– Quem é você que me deixa assim, de pau duro só em ouvir sua voz, e quando chego aqui que te beijo, gozo nas calças?

Quando olhei ele estava todo melado, não acreditei, o cara gozou em me beijar, ele estava com muito tesão, já deve ter tido mil fantasias sexuais, se masturbando e tudo, aí não aguentou o beijo da morena, gozou nas calças, mas ainda tínhamos muita noite pra aproveitar, isso pra mim foi um elogio e tanto!

Eu pensei que ele iria direto pra um motel, mas não, me levou no melhor restaurante da cidade, ele disse:

– Você merece ser tratada como uma princesa na rua e uma puta na cama, por que é uma mulher que só merece coisas boas, e vou cuidar bem de você, só terá prazeres!

Dei gostoso a buceta pra geral

Eu fiquei nas nuvens, afinal nunca tinha sido tão bem tratada assim, logo eu que amo fazer putarias ouvindo aquilo, era bom demais. Comemos e bebemos, logo após partiu ir foder, mas não seria em qualquer local, fomos pra um hotel, e ele frizou, íamos passar a noite e o dia, em outras palavras, não íamos sair do quarto, ia ser só sexo e comida levada pra lá, eu já estava animada com tudo isso, e subimos como um casal apaixonados, nós beijando e abraçados, quando entramos ele disse:

– Quer tomar um banho comigo?

E eu disse que sim, então ele veio tirar minha roupa, detalhe, ele tirou minha calcinha com os dentes e língua, e já foi chupando tudo, quando eu olhei a boca dele estava com a minha buceta todinha dentro, e a língua se mexendo mais que tudo, ele mandou eu me abaixar, deitei no chão e ele me comeu com aquela enorme língua, comeu a buceta e o cu, eu gozei, lógico, gemi e pedi com vários palavrões pra me comer….ele disse:

Estamos empatados, todos dois já gozou, e agora vamos aproveitar a banheira, relaxamos lá na banheira, chupei o pinto dele até umas horas, depois ele me chupou mais, chupou meus seios, enfiou o dedos em mim e fomos pra cama, eu amo foder na cama, é muito confortável!

Ele me jogou na cama, pegou um vibrador, passou um gel e enfiou em mim, nossa, foi muito bom, eu nunca havia usado, e hoje não vivo sem, ele enfiou na buceta e depois meteu a rola, que momento maravilhoso, só queria aquilo, mas não se dando por satisfeito ele meteu na minha bunda, foi com calma, eu estava tensa, mas quando entrou a cabeça eu já estava ofegante, de pernas mais que abertas, contraindo e soltando o cu, quando ele meteu tudo rápido ele tirou e enfiou a verdadeira, o pau gostoso dele, e eu arfei de tanto prazer, ligeiramente ele me virou de quatro, eu me entreguei, fiquei bem na posição de bunda pra cima, deixando minhas nádegas a disposição pra ele segurar e apertar, gosto de sentir um pouco de dor na hora do prazer, mas só um pouco mesmo!

Depois de horas transando e gozando nós dormimos, e acordei no outro dia com ele me chupando, já acordei de um sonho com orgasmos e estava tendo de verdade, depois ele foi me comer chupando meus seios, bem romântico, gozou e eu gozei de novo, tomamos café e voltamos pra cama pra foder, fodemos mais e mais, minha vontade era foder a vida inteira, mas depois de almoçar fomos embora, ele ia pra o estado dele e eu fiquei, transamos muito ainda pelo celular, chamadas ao vivo, mando nudes, ele manda também, um dia ele pediu pra me ver transando com outra pessoa, claro que eu não mostrei nossos rostos, só a parte de baixo enfiando, ele gostou, gozou junto, e estou esperando ele pra outra temporada de putarias, acho que essa incluirá mais pessoas!

Contos de Sexo Relacionados

  • Chupando rola pela primeira vez

    Estava conversando com um rapaz fazia tempo, só que nunca tinha o visto, nós nos falamos por mensagem e ligação, eu estava caidinha por ele, mal conseguia ficar com outros rapazes, porque assim, claro que nesse tempo que eu conversava com ele, ficava com outras pessoas,...

  • Os pés da minha irmã me dão tesão

    Desde que a minha irmã soube do meu fetiche por pés que permitiu que eu fotografasse os pés dela, os lambesse e chupasse. Francamente não posso dizer que fossem os pés com o formato que mais me excitava, especialmente por causa dos dedos curtos (quando eu tenho...

  • Ensinando putaria pesada a minha vizinha virgem

    Sou vizinho de uma família bem conservadora, eles tem uma filha muito bonita, uma mulher que só anda com roupas longas, eu nunca tinha visto o corpo dela sem aquelas roupas tão longas, todo dia eu falava com eles, passava davam um bom dia enquanto íamos trabalhar, mas teve um...

  • Cunhada gostosa meu deu a buceta

    Confesso que fiz o que pude pra resistir a tentação mas fui fraco e transei com a mulher do meu irmão. Meu irmão mais velho casou-se com uma garota deliciosa de 22 anos de idade. Eu moro próximo a eles, e estava sempre por lá na casa do meu irmão, onde tinha total acesso....

  • Acompanhante de luxo: Me prostituindo por prazer

    Sempre tive a curiosidade de estar ao menos um dia no cenário da prostituição . Ver homens me pagando para oferecer prazer e fazê-los gozar me deixa excitada. Na verdade o cenário da pornografia ao meu ver é algo além de lucrativo pois também valoriza o ego. Uma coisa é...

  • Tesão na praia com a esposa gostosa

    Olá, o que vou relatar, aconteceu de verdade. Tínhamos 54 anos ambos, somos natural da mesma cidade, mas moramos em outro estado. Somos casados a mais de 30 anos, e como todos os casados sabem, não tem como não cair na rotinha e foi dessa rotina que comecei a buscar outras...

  • Primeiro fisting anal

    Olá pessoal.... desde nova sempre fui bem assanhada. Gostava de ver vídeos pornôs e tinha fetiches em coisas bem diferentes. Sou baixa, morena, tenho peitos pequenos e uma bunda grande. Bom, hoje vou contar uma das histórias que tenho com meu ex namorado, ele é...

  • Dividindo o macho com a esposa dele

    Iniciei minha vida sexual já bem tarde, eu sempre fui tímida, tinha muita vergonha de mostrar meu corpo, achava que precisa melhorar, que eu tinha um corpo feio e tal, e os meninos chegavam em mim, a gente começava um romance, mas quando passava a rolar mãos bobas, eu já...

  • Gozando na rola sem ser a do meu namorado

    Namoro a distância, eu e meu namorado nos vemos pouco, pois moramos longe, sempre que tem temos férias ou um folgão grande vamos ao encontro um do outro, matamos nossa saudade, transamos muito, nos divertimos, mas quando estamos longe a carência bate, mesmo nos falando todo...

  • Minha esposa com o lavador de carros

    Olá, meu primeiro conto aqui no site, vou começar com este que me dá tesão sempre. Minha esposa tem 1,60, cabelos pretos lisos, peitos grandes em pé, coxas grossas, uma bunda grande, um tesão, vou colocar o nome aqui de Kely(*). Certo dia ela me disse que o cara do...

Deixe seu comentário