Casa dos Contos Eróticos » Incesto » Transei com minha prima no último dia do ano

Transei com minha prima no último dia do ano

1 vote

Minha prima e eu temos segredos, mas esse tem que deixar registrado. Entre muitas brincadeiras, eu falei pra ela que queria que ter a despedida do ano com ela, ela achou loucura minha, mas gostou da ideia.

No dia,  conversamos bastante, mas não ela não conseguia despistar o companheiro dela, disse-me que teria que esperar ele sair para trabalhar a noite, mas teria que ser algo bem rápido, mas que não podia ser nem na minha casa e nem na dela… eis que surge a única possibilidade, um motel perto, pra sorte, tem um motel na saída de uma rodovia que não era longe.

Passei na casa dela, no carro eu perguntei se ela estava levando o RG dela.. ela falou que estava dentro do Sutiã, e pediu pra eu pegar, eu já comecei a passar a mão naqueles peitos perfeitos.

A última foda do ano foi com a gostosa da minha prima

Chegamos no motel, já começamos a brincadeira, ela veio já tirando meu cinto, e tirando minha bermuda… e falava que tinha algo ali que ela queria.

Tirou minha bermuda, sacou meu pau pra fora, duro igual a uma rocha, do jeito que ela gosta, não dá nem pra falar ela chupou gostoso, porque foi algo muito mais do que isso, ela saboreava minha rola com vontade, caralho, que boca maravilhosa que me leva a loucura, cuspia na minha rola, lambia, deixava ela bem babada, chupava engolindo ele todo, deliciosamente, deitei e pedi pra ela chupar de 4 pra eu olhar aquela buceta no espelho, ela abria ela pra eu ver, que visão do paraíso.

Até que ela deitou na cama, comecei a chupar aquela buceta que estava molhadíssima, e falando que eu deixava ela daquele jeito, eu chupei aquela buceta com tanta vontade, ela gritava e gemia, até que ela pediu pra parar porque ia gozar e queria gozar no meu pau.

Coloquei ela de 4 soquei gostoso naquela buceta, como nós estávamos gostando, parei um pouco, comecei a brincar com o cuzinho dela, lambendo ele, ela pedindo pra eu colocar de novo na buceta, como o desejo dela é uma ordem, coloquei de novo, que delícia ver ela de 4 e puxar o cabelo dela.

Ela me pediu pra deitar na cama, veio por cima, e começou a cavalgar com vontade, até que não deu mais pra segurar, gozei gostoso com ela por cima, deitamos e ficamos um pouco, porque não tínhamos mais forças, só pra levantar e ir embora, porque já era 02 da manhã e minha meta foi atingida.

Não existe mulher que transe melhor, parece que me pergunta como eu gosto pra fazer, mas não… ela simplesmente faz perfeitamente como eu gosto, e acho que eu faço também perfeito como ela gosta, porque já são muitos e muitos e muitos anos assim, se ficamos sozinhos, tem fumaça, e onde há fumaça, há fogo. E que Fogo.

Contos de Sexo Relacionados

  • Incesto 5 meses atrás

    Consegui comer minha irmã mais nova

    Olá me chamo Pedro (*) tenho 29 anos, 1,75, 80kg bem distribuídos e não vou dar muitos detalhes pq quero ficar no anonimato... Minha irmã a Flávia(*) tem 20 aninhos, magrinha e pequena mas ela é a uma perfeição...

    LER CONTO
  • Incesto 4 semanas atrás

    Transando com a tia

    Esse fato que vou contar para vocês aconteceu já faz alguns meses e só agora decidi escrever aqui no site. Espero que gostem, se divirtam e gozem bastante com a história. Ela, uma mulher madura, resolvida...

    LER CONTO
  • Sexo 6 meses atrás

    Papai me comeu

    Papai me comeu...Hoje vou contar o dia que fui comida pelo meu papai. Sempre fui muito safada, comecei assistir porno desde novinha quando vinha passar as férias na cidade na casa da minha mãe e o meu padastro. Mas...

    LER CONTO

Deixe seu comentário