Casa dos Contos Eróticos » Novinhas » O coroa pauzudo dos meus sonhos

O coroa pauzudo dos meus sonhos

Casei muito jovem, primeiro namoradinho me apaixonei e resolvemos morar juntos, eu não engravidei, foi mesmo a loucura de gente novo!

Mas durou pouco, com vinte anos já estava solteira novamente, mas agora com uma experiência de vida, já havia sido casada!

Eu não queria saber mais de novinhos, geralmente são muito emocionados, querem namorar sério, e não tem ainda condições pra sustentar uma casa, eu trabalho e tenho meu dinheiro, não quero sustentar marmanjo nenhum, quero ganhar meus presentes, viajar e ser feliz com tudo que minha beleza e jovialidade tem a me oferecer, aproveitar cada segundo!

O dotado mais velho dos meus sonhos

Uma amiga minha que já entendia do babado me chamou pra uma festinha, era uma resenha mais adulta, pessoas com grana, gente que não gostava de exposição, ok, pra mim tava tudo certo!

Fui bem arrumada, eu estava linda e elegante sem perder a sensualidade…

Chegando lá me impressionei, lugar lindo, piscina enorme, era uma mansão pra ficar babando e eu fiquei!

Ela me apresentou a várias pessoas, mais homens, mas teve um que eu olhei de um jeito especial, era um coroa boa pinta e com cara de riquíssimo, o homem era malhado e arrumado, cara de empresário de milhões!

Durante o evento percebi que era recíproco, ele também estava me encarando, mas muito reservado, quando fui ao banheiro ele estava saindo e aproveitou pra me falar:

– Oi garota linda, tá sendo bem tratada aqui?

Eu simplesmente disse:

– Melhor impossível, estou adorando!

Ele então falou:

– Ainda bem, iria ficar chateado de você falasse que não estava sendo bem tratada na minha casa!

Para tudo, a mansão fantástica é dele, e pelo que parece ele não é casado, nossa, eu não ia perder a oportunidade, falei:

– Muito linda sua casa, fiquei encantada, parabéns!

E ele todo educado disse:

– Obrigado, mas você só viu aqui embaixo, quer conhecer os outros cômodos?

Que pergunta, né?

Claro que quero conhecer, meu sonho!

Então falei:

– Seria maravilhoso!

Eu tinha que parecer desinteressada na casa do cara, mas interessada no cara!

O pênis gigante do meu coroa gostoso

Seguimos, subimos as escadas e fomos conhecer tudo, fiquei louca com tanto cômodo, e todos modernos, bem decorados, eu quero aquele homem, que bom gosto!

Aí chegamos no local mais importante da casa, o quarto dele, era um espaço enorme, cabia minha casa dentro, tive que elogiar e disse:

– Que quarto lindo, nossa, espetáculo, viu!

Ele agradeceu e disse:

– Quer passar a noite aqui hoje?

Eu não sabia o que dizer pra não parecer vulgar, então finge que não tinha entendido, e falei:

– Como assim?

E ele muito delicado com as palavras me disse:

– Te achei muito linda, a mais charmosa da festa, e estou louco pra passar essa noite grudadinho com você, aqui nesse quarto!

Com palavras tão detalhadas não tinha como eu não responder, e falei:

– Pra ser bem sincera você me chamou atenção, te achei um gato, nem sabia que você era o dono da casa!

E ele sorriu, veio me beijar, nos beijamos loucamente, eita que coroa que tem pegada!

Na hora ele já veio me chupar, por isso que amo os homens mais velhos, eles querem satisfazer, gostam dos detalhes, curtem o antes, meu vestido colado ficou no pescoço, de resto eu estava nua, de pernas abertas em cima daquela cama enorme e daquele quarto iluminado!

Ele gostava de olhar bem pra minha buceta, passou minutos mamando e enfiando os dedos, que delícia!

Pra não fazer feio fui pegar no pau dele, que pauzão, era enorme e grosso, não teve jeito, cai de boca, chupei até os cunhões!

Ele como um homem bem experiente, enquanto eu chupava lá a pica ele foi se virando e chupou minha buceta também, ficamos no melhor meia nove da minha vida, acho que nunca mais vai ter outro assim, gozamos juntos nesse boquete perfeito!

Nos limpamos, deitamos e fomos conversar!

Ele perguntou:

– Com quantos caras mais velhos você já se relacionou?!

Eu falei a verdade:

– Eu tenho vinte anos, fui casada desde novinha, estou solteira tem mais ou menos um ano, nesse tempo só me envolvi com caras mais velhos, não sei explicar, me chamam atenção, fico excitada com os olhares!

Nessa hora ele já estava com a mãe nos meus seios, amo quem faz carinho nos seios, eu sinto muito tesão nessa área, ele chupava e conversava, enquanto fazia uma masturbação na xoxota!

Ele disse:

– Eu percebi no seu olhar a sua sexualidade, me senti dentro de você, parecia que estava te enfiando quando me olhava, foi uma atração muito forte, eu não trago ninguém pra meu quarto, e nem saio da festa no começo!

Eu disse:

– Nossa, me senti lisonjeada, um cara lindo e gostoso como você, descrevendo nosso encontro desse jeito!

Depois disso ele meteu finalmente o pauzão em mim…que delícia, eu revirava os olhos, gemia alto de prazer!

Ele disse:

– Quer falar palavrão?

Eu perguntei:

– Você gosta mais de ouvir ou de falar?

Ele:

– Os dois!

Então eu comecei, e falei:

– Quer me chamar de putinha? Eu sou sua puta!

Esse homem aumentou a velocidade, me colocou no colo dele de pernas abertas, segurou nas minhas costas e foi velocidade máxima, meu corpo tremia todo, e o pau não saia de dentro, esse homem me comeu de todo jeito, em todos os locais do quarto, perdi as contas de quantas vezes gozei!

Dormimos, acordei tarde com um café da manhã de hotel e um bilhetinho que dizia:

– “Amei nosso sexo, que gostoso! Estou até agora lembrando e me excitando… Deixa o seu número aí pra eu te ligar, meu motorista vai te levar em casa, deixei um presente pra você comprar o que quiser! Coma sem pressa, minha gostosa!”

Será que encontrei o coroa dos meus sonhos?

Rico, gostoso e gato!

Se for dos sonhos não sei, mas vou aproveitar cada momento sonhando e transando com meu coroa!

Contos de Sexo Relacionados

  • Chupando rola pela primeira vez

    Estava conversando com um rapaz fazia tempo, só que nunca tinha o visto, nós nos falamos por mensagem e ligação, eu estava caidinha por ele, mal conseguia ficar com outros rapazes, porque assim, claro que nesse tempo que eu conversava com ele, ficava com outras pessoas,...

  • Meu professor me fez uma verdadeira putinha

    Olá! Sou morena, tatuada e cacheada de 1,50 cm de altura, com quadril e coxas maravilhosas além de uma deliciosa bunda grande. Curso o segundo período de matemática. Em minha faculdade um professor substituto esta lecionando geometria analítica. Ele é um homem alto,...

  • Não resistir e cai na tentação

    Oi, tenho 18 anos, sou morena, baixinha, magrinha, tenho 1,65 e peso 53kg, apesar de magrinha tenho um peito muito farto, e uma bundinha bem gostosa, já minha buceta não acompanhou o corpo e acho bem grande, um bucetao como eles dizem. Essa onda que vou contar rolou no fim...

  • Transei com o pai gostoso da minha melhor amiga

    Sempre que ia na casa da minha amiga ficava impressionada com a beleza do pai dela, um coroa arrumado, fitness, simpático, com um rosto lindo, eu ficava babando, mas ele não me olhava com olhos de um homem para uma mulher, olhava para mim apenas como amiga da filha dele. Um...

  • Ménage com a prima da namorada

    Era verão, o calor estava reinando, muita praia, piscina e pessoas para conhecer... Mas eu tinha namorada, uma baixinha muito gata, gente boa, que eu não queria decepcionar, então não tinha essa de conhecer mulheres. Eu saia, ia na praia, surfava, batia um papo com os...

  • Novinha fez um boquete perfeito

    Pois bem, sou liberal e curto de tudo um pouco mas com segurança (sempre) e me cuidando. Numa certa tarde estava eu numa área comum do condomínio quando a parece pra conversar comigo uma vizinha de baixo. Era a Raquel(*), novinha, bundão, seios pequenos, usava calça jeans...

  • Eu sempre transei com vários homens, me sentia insaciável sexualmente, pois transava com um após o outro e sentia que sempre faltava alguma coisa, não durante o sexo, por que todos eles eram muito bons, porem, ainda faltava algo. Ate que em um dia, recentemente, sai com...

  • Meu Primeiro Boquete

    Olá, hoje vou contar como foi o meu primeiro boquete, espero que se delicie e me imagine mamando o seu pau. Meu primeiro boquete foi aos 18 anos, naquela época, eu era uma aspirante a putinha, uma verdadeira ninfeta, branquinha, ruiva natural, cintura marcada, bunda...

  • Meu Primeiro anal

    Um certo dia troquei de operadora de tv a cabo, veio até minha casa um moço para realizar a instalação. Eu tinha acabado de sai do banho e ele chegou. Muito simpático, se chamava Eduardo(*), educado, me comia com os olhos. Eu estava de vestido fiquei toda molhadinha do...

  • Primo safadinho me ensinando tudo

    Tenho namorado, mas toda vez que vou passar uns dias na casa da minha tia ele vem com todo aquele charme pra cima de mim, um vez ele ficou me fazendo massagem, do pé até o cabelo, eu relaxei muito e aí quando eu menos percebo ele estava massageando meus seios, minha bunda,...

Deixe seu comentário